‘Piscina foi entregue em pleno funcionamento. Vamos impugnar a decisão e restabelecer a verdade dos fatos’, afirma Osni.

Em resposta à notícia divulgada recentemente a respeito do julgamento de contas de um convênio firmado no ano de 2010 entre a Prefeitura de Serrinha e a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), cujo objeto era a construção de uma piscina semiolímpica, o deputado estadual Osni Cardoso informa que em momento algum foi notificado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

“Causa espanto o fato de eu não ter sido encontrado para ser notificado, visto que sou deputado e todos sabem meu endereço funcional, inclusive, e principalmente, o TCE, órgão que também fiscaliza as contas do Legislativo baiano. Não foram dadas as condições para me defender, o que torna o processo nulo”, diz.

Ainda de acordo com o parlamentar, que à época era prefeito da cidade, a obra foi entregue à população durante seu mandato em pleno funcionamento, tendo sido desativada pelo atual gestor como forma de perseguição. “Vamos impugnar a decisão e restabelecer a verdade dos fatos”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *