Ministério da Agricultura participa do Business Connections Brazil, amanhã, 23

O Ministério da Agricultura vai participar amanhã, 22, às 10h, da abertura on-line do Business Connections Brazil: Food & Beverage, que irá debater o tema “A Indústria de Alimentos e Bebidas no Mundo Pós-Coronavírus”. O evento, organizado pelo Banco Interamericano de  Desenvolvimento, BID, reunirá, virtualmente, empresas brasileiras e compradores internacionais dos setores de alimentos e bebidas. Além do Ministério da Agricultura, o evento é apoiado pelos ministérios da Economia e das Relações Exteriores, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), do Sebrae e da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Crédito consignado tem pagamento suspenso por 120 dias em medida aprovada pelo Senado

O Senado Federal aprovou a suspensão de pagamento, pelo prazo de 120 dias, de empréstimos consignados durante o período da pandemia do novo coronavírus. A medida afeta diretamente os servidores públicos, trabalhadores da iniciativa privada, aposentados e pensionistas. Com a medida estão suspensas as prestações, sendo adiadas para data posterior à última parcela prevista do financiamento. Também se estipulou a não cobrança de juros ou multa para esses valores. Também está proibida a inscrição como inadimplentes ou busca de apreensão de veículos financiados em razão da suspensão das parcelas segundo prevê o projeto de Lei nº 1.328/20.

Guerra entre EUA e China vai causar imensa ruptura, alerta economista Jeffrey Sachs

O economista americano, Jeffrey Sachs, durante uma entrevista à BBC, revelou que o mundo caminha para uma grande ruptura com a guerra fria entre EUA e China, situação que se desenha cada vez com maior força no pós-pandemia, e tem como grande questionamento a ausência de uma forte liderança. O economista considera essa tensão uma preocupação ainda maior que o próprio covid-19.  Para ele a chamada “grande ruptura sem nenhuma liderança” com a divisão entre as duas superpotências vai exacerbar tal situação.

Governo de Goiás reduziu regime de engorda do gado por confinamento em razão de custos

O Governo de Goiás decidiu, em razão da estiagem e a escassez de pasto, a reduzir o tempo de confinamento do gado para engorda neste ano. Essa mudança também teve como causa a situação do covid-19, que fez com que muitos pecuaristas escolhessem se venderiam os animais mais cedo ou levariam para o confinamento. Os custos para a engorda do animal em razão da insegurança financeira e oscilações do dólar que interfere na compra de insumos fizeram os custos subir de R$ 7,98 o valor da alimentação no ano passado para R$ 9,17 nesse ano.

Banco da Inglaterra se recusa a devolver 31 toneladas de ouro ao governo de Maduro

O Banco da Inglaterra se recusa a devolver 31 toneladas de ouro ao governo do venezuelano Nicolas Maduro. O montante, equivale a US$ 1 bilhão, estão nos cofres e pertencem à Venezuela, que quer vender para usar em fundos para o combate da pandemia, segundo declarações de Maduro, mas o banco questiona a legitimidade do governo de Maduro uma vez que Guaidó foi reconhecido como líder legitimo da Venezuela por pelo menos 50 países. A situação será decidida no Tribunal de Londres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *