Nelson Leal apresenta Moção de Pesar pela morte do historiador baiano Luís Henrique Dias Tavares

Ele destaca estudo da história da Bahia por um dos mais importantes intelectuais do estado

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, apresentou, agora à noite (22.06), Moção de Pesar pelo passamento do historiador e acadêmico Luís Henrique Dias Tavares, autor de importantes obras sobre a história da Bahia, falecido hoje, aos 94 anos.

“Meu abraço solidário aos amigos e familiares do Mestre Luís Henrique, especialmente ao seu filho Luís Guilherme, nosso companheiro de trabalho na ALBA. Foram mais de 70 anos dedicados ao estudo e pesquisas da história da Bahia. E foi um dos intelectuais que deu um sentido nacional ao nosso 2 de Julho. Pedro I proclamou a Independência do Brasil em 1822, mas ela, de fato, só se consolida no 2 de Julho de 1823, com a expulsão dos últimos soldados portugueses no país”, destaca Leal.

Luís Henrique Dias Tavares, autor de “História da Bahia”, além de livros fundamentais para o estudo da história baiana, formou-se em Geografia e História pela Universidade Federal da Bahia, em 1951. Doutor em História, foi diretor do Arquivo Público do Estado da Bahia. Em 1968,  passou a integrar a Academia de Letras da Bahia, ocupando a cadeira de número 1, cujo patrono é o Frei Vicente de Salvador. Era membro atuante do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *