Fiscalização faz interdições em bairros para garantir proteção à vida

A força-tarefa liderada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar, realizou 1.980 vistorias e 23 interdições apenas ontem (20) nas sete localidades que passam por medidas restritivas regionalizadas e ações de proteção à vida. O prazo para finalização ou prorrogação das medidas regionalizadas em seis desses sete bairros se encerra nesta quarta-feira (22).

Em Itapuã, as medidas, que terminariam hoje, foram prorrogadas até esta quarta, quando o prefeito ACM Neto anuncia as novas localidades contempladas ou eventuais prorrogações, a partir das 9h30, em evento no estacionamento do novo Centro de Convenções, na Boca do Rio. O objetivo, com isso, é assegurar que essas ações aconteçam simultaneamente nos bairros nos mesmos dias.

A fiscalização realizou em Itapuã 165 vistorias e dez interdições ontem. Além disso, dos 150 testes rápidos realizados pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no bairro, 44 casos testaram positivos para Covid-19.

Na Liberdade, foram 282 vistorias e cinco interdições. Os testes rápidos apontaram 59 casos positivos para o novo coronavírus no bairro. No Nordeste de Amaralina, ocorreram 91 vistorias, uma interdição e 48 pessoas testes positivos.

Já em Águas Claras, foram 977 vistorias ontem e cinco interdições. No local, foram detectados 33 casos positivos de Covid-19. No bairro de Castelo Branco, aconteceram 246 vistorias e duas interdições, com 36 casos positivos para a doença.

Por fim, a força-tarefa fez vistorias em Coutos (163) e Fazenda Coutos (56), sem registros de interdições nessas duas localidades. Em Fazenda Coutos, as equipes da SMS identificaram 46 casos positivos para o novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *