Bares e restaurantes preparam retorno com ocupação de área pública

A iniciativa da Prefeitura em autorizar bares e restaurantes a usarem o espaço público para colocação de mesas e cadeiras é vista como um grande atrativo para a retomada de estabelecimentos ligados ao setor. É o que afirma o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS), Sílvio Pessoa. “A medida de disponibilizar calçadas e estacionamentos é fantástica. Muitos destinos turísticos consagrados mundialmente já utilizam áreas abertas para atendimento aos clientes”, destaca.

Os bares e restaurantes que funcionam na capital baiana tiveram atividades presenciais suspensas desde março, após as determinações de isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus. Esses comércios só estavam autorizados a funcionar via delivery ou com a retirada de produtos no balcão, chamado de take away. Depois de sofrer perdas, o segmento vislumbra se reerguer com a ativação da fase dois de reabertura do comércio, prevista para segunda-feira (10).

Para Pessoa, que também é presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), o uso de área externa trará mais modernidade, além de um ambiente mais seguro para a população. “É diferente de um espaço fechado, já que não vai ter ar-condicionado rodando e as pessoas estarão expostas ao sol – que nos fornece vitamina -, fora que vai ser agradável para visitantes. O turista gosta de ver o povo passando, de ver moradores da cidade interagindo”, acrescenta.

Ele cita exemplos de locais do exterior e do Brasil onde bares e restaurantes já utilizam as calçadas, como Miami, Lisboa, Paris e Barcelona, além de Fortaleza, São Paulo e Curitiba.

“Salvador passou por uma das maiores quarentenas do país. Em contrapartida, a cidade esmagou a curva de casos, o que refletiu na ocupação dos leitos de UTI”, considera Sílvio Pessoa. “Estamos repassando os protocolos de segurança para os associados do sindicato, a fim de orientá-los a seguir as normas. Teremos redução de 50% dos nossos espaços para atender à clientela e o desafio agora é convencer a população de que será seguro sair de casa com responsabilidade”.

Procedimento – Para solicitar a utilização ordenada do espaço público, os proprietários de bares e restaurantes, que somam 22 mil estabelecimentos na cidade, devem acessar o site retomadabar. salvador. ba. gov. br. No mesmo link, os empresários têm acesso às diretrizes técnicas para dar entrada no processo. O procedimento é feito junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). Até ontem (5), 25 estabelecimentos tiveram pedido deferido.

Foto: Valter Pontes – Secom 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *