Salvador inicia processo para obter Bandeira Azul em três praias

As praias de Stella Maris, Flamengo e Ipitanga podem receber a certificação internacional Bandeira Azul, prêmio ecológico e voluntário concedido com base em uma série de critérios com foco em gestão e educação ambiental, qualidade da água, segurança e serviços, turismo sustentável e responsabilidade social. O processo para obtenção da certificação está sendo executado através da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) junto com o Consórcio Temis/Nemus.
O programa Bandeira Azul é desenvolvido pela organização internacional não-governamental e sem fins lucrativos Foundation for Environmental Education (FEE). No Brasil, é representado pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR), membro da FEE desde 2005. Salvador já possui a certificação Bandeira Azul com a Ilha de Maré. O selo tem validade de dois anos, podendo ser renovado.

O processo de adequação das praias a fim de cumprir os critérios exigidos pelo programa para submetê-las a avaliação e certificação deverá levar aproximadamente dois anos, mas os trabalhos já tiveram início. Esta semana aconteceu uma oficina virtual com moradores do entorno das praias com o intuito de apresentar o projeto, quais os requisitos que precisam ser atendidos para que se obtenha a certificação, de que modo a atuação dos trabalhadores informais deve ocorrer para se tornar mais benéfica a praia entre outros quesitos.

Na próxima segunda-feira (19) ,haverá uma rodada de articulação virtual, das 9h às 11h, voltada para secretarias e órgãos municipais e estaduais quem têm atuação na região das praias. A proposta é tanto apresentar o programa Bandeira Azul como as etapas, ações e cronogramas do projeto além das ferramentas de participação social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *