“A mudança da realidade passa pelas estruturas de poder”, diz Olívia sobre resultado das eleições no país

No Dia Nacional da Consciência Negra, Olívia Santana, deputada estadual pelo PCdoB, afirma que o resultado das eleições nos municípios retrata as desigualdades de raça e gênero no país.

Em uma população formada por 58,8% de pessoas pretas e pardas, apenas 32% dos prefeitos eleitos no Brasil são negros. “O resultado das eleições não retrata a realidade da nossa população. A mudança da realidade passa pelas estruturas de poder. E é o voto da maioria oprimida que, infelizmente, mantém os opressores no poder”, crítica Olívia. “O Dia da Consciência Negra é uma convocação à luta, que deve ser movida pela consciência política transformadora”, completou a deputada.

Em relação à gênero, mulheres representam apenas 12,2% das prefeitas eleitas no país. “Isso é o retrato do machismo estrutural. Sem luta política concreta, não serão derrubadas as estruturas que mantêm as mulheres fora dos espaços de poder”.

Olívia se solidarizou com os ataques virtuais que a vereadora Ana Lúcia Martins, eleita na cidade de Joinville, Santa Catarina, sofreu após resultado das eleições. “Só agora uma preta é eleita naquela cidade catarinense, marcadamente racista. E ainda tem que enfrentar ataques absurdos, daqueles que a gente vê nos filmes sobre o sul dos Estados Unidos. O Brasil precisa reconhecer e superar o racismo, em vez de acusar quem denuncia de estar dividindo o país”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *