Dizer NÃO ao filho também é prova de AMOR!

Alderico Sena

Ouvimos de nossos pais e avós sobre o tratamento que tinham com seus pais, o respeito era evidente, com o olhar já sabiam se estavam fazendo algo de errado ou se deveriam se comportar melhor. Hoje vemos filhos mandando, dando ordens nos pais, tomando decisões que só caberiam a uma mãe ou um pai tomar e aí que inicia todo o problema. As asas são dadas para quem deveria ainda estar aprendendo a voar, e ninguém vai mais conseguir frear.

Mas isso é culpa da geração atual? No meu ponto de vista não, visto que a educação está deseducada em casa e na escola e o grande culpado são os pais que não ensinam princípios e valores para os filhos, acreditando numa educação democrática e não reconhecendo que estão gerando pessoas desrespeitosas e que irão dar o mesmo tratamento a eles, futuramente. Pessoas sem limites, que se acham donas do mundo e ainda pra ajudar recebemos o super apoio do governo que invés de auxiliar e oferecer uma boa educação, ainda colocam limites na educação que devemos dar aos filhos, impondo limites e regras para educarmos. O governo deve priorizar a educação como investimento e não como despesa. “Sem um povo educado não há como fazer o país crescer” Darcy Ribeiro.

Sou contra a surra, mas desde quando uma palmadinha e um castigo fazem mal a criança? A surra passa e o castigo marca no coração e consciência da criança. Quantos de nós tomamos uma correção de nossas mães quando fizemos arte e hoje estamos aqui cheios de gratidão pela boa educação que tivemos? Saber diferenciar agressão de castigo é necessário, e desde o momento que as crianças aprenderam que não podem ser corrigidos pelos seus pais, que eles possuem limites para isso estão se tornando cada vez mais arrogantes, desrespeitosos e sem limites.

No meu tempo quem ditava meus direitos e minhas regras eram meus pais, e eram obedecidas com muito respeito. Hoje em dia, o fato de serem donos de todos os direitos fornecidos pelas leis o qual os defendem, fazem o que quiserem e quem vai os segurar? Infelizmente muitos pais desistem de dar uma boa educação aos seus filhos ou simplesmente preferem jogar a responsabilidade para os outros. Vemos pais que culpam a má educação dos seus filhos em professores, no mau ensino das escolas e esquecem a velha frase “que educação vem de berço”. Escolas servem para alfabetizar, dar ensinamentos históricos e aumentar o conhecimento do seu filho e não ensinar valores e dar educação a eles”.

Escolas viraram depósitos de crianças de pais ausentes que não tiveram o preparo e o saber de ser pais. É triste ver uma criança crescendo sem disciplina, sem limites e responsabilidades se achando donos de seu próprio nariz, afinal o que sabem da vida? Nós pais devemos ensinar e educar filhos para o mundo. Só poderemos formar bons cidadãos ensinando as crianças desde as primeiras letras a serem cidadãos.

Ser pai não é simplesmente gerar e colocar no mundo, e deixa-los aprender e conhecer o mundo de forma natural. Pais parem de delegar e empurrar suas obrigações a quem não tem obrigação alguma com seus filhos. Crie bons hábitos, eduque, tenha tempo para seus filhos principalmente para uma boa conversa e para ensina-los de como devem agir e percorrer pela vida, saiba ser um verdadeiro pai e mãe ensinando e dando bons exemplos, dessa forma você terá ao seu lado um filho amigo que tenha orgulho e boas referências dos pais.

Em tempo atrás filho não poderia chegar em casa com um lápis e/ou borracha que não fosse seu …. Sinceramente acho que estamos vivendo em um tempo em que tudo pode. No passado as palavras dos pais: “Primeiro a obrigação, depois a devoção.  Servir e respeitar o próximo”.

Educar não é bater, é ensinar o que está certo e o que é prejudicial. Conversar, dialogar é sempre a melhor opção e certamente adotar a imposição de limites, disciplinas e responsabilidades para os pequenos, vontades é prejudicial a eles mesmos.

Valores morais e éticos, são o conjunto de regras, leis e costumes que devemos respeitar e segui-las.  Inversão de valores é quando não seguimos essas regras, infligimos a lei, fazendo o contrário do que deveríamos ter feito. Quantos pais sentem a falta de filhos por não ter dito NÃO ao filho? UM NÃO também é prova de AMOR!

Ser pai é a experiência mais transformadora que pode ter na vida. Você tem que rever os seus conceitos de vida, as suas prioridades, os seus planos para o futuro, gastar tempo indo levar o filho para cortar o cabelo, participar de reuniões na escola, parque, futebol, cinema, ler e escrever historinhas (Turma da Mônica), dentre outras ações infantis que as crianças adoram. E exatamente por essas ações pais vão ser as pessoas mais felizes do mundo, a cada sorriso, a cada “Papai, mamãe te amo”, a cada risada verdadeira e pura, você ganha o dia, você se orgulha, você sabe quem mesmo depois que você deixar esse mundo, muitos exemplos, referências, lembranças vão estar presente na memória e dignidade desses cidadãos, a parte boa dos pais vão ficar essas pessoinhas que são os teus filhos.

Pais e avós no passado ensinava as crianças: “Fazer o bem sem olhar a quem, respeitar e servir ao próximo”. ENSINAVA O SER CIDADÃO E NÃO A TER!

Uma coisa é certa toda criança precisa de educação, afeto e segurança dos pais. Só poderemos formar cidadãos dignos, honestos e solidário, ensinando princípios, valores, investindo em educação dos filhos.

Com às Novas gerações educadas poderemos ter esperança de um Brasil melhor para todos no futuro!

Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas, Master em Auto Conhecimento e Desenvolvimento Humano – Avatar Wizard – Star’s Edge International – Orlando/Florida – EUA – www.aldericosena.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *