Criatividade é chave para Salvador superar pandemia

Diante de tantos desafios impostos pela pandemia de Covid-19 ao mundo, a criatividade deverá ser a chave para Salvador inovar ainda mais e até mesmo chegar à vanguarda em comparação a outros locais do Brasil e do mundo. Este foi o mote da abertura do Scream Salvador, ocorrida na manhã desta sexta-feira (4), no Espaço da Barroquinha, Centro, com as presenças do prefeito ACM Neto, do presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, e da presidente da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP) e uma das idealizadoras do evento, Ana Coelho.
Para o prefeito, que destacou a participação de mais de 2,3 mil inscritos nesta terceira edição, o evento é uma mostra da capacidade que cada um deve ter de tirar o sonho do papel e transformar em realidade. “A pandemia tem nos ensinado muito e acredito que haverá uma efetiva mudança de paradigma no mundo. Por isso, a cidade não pode  deixar de estar na frente dessas transformações. O Scream mostrou que, na dificuldade, encontraram uma oportunidade. Estão reunidos palestrantes do Brasil e de fora em 130 painéis discutindo criatividade, cultura, inovação e movimento, tudo a ver com a nossa cidade. Que essa pauta não seja apenas dos próximos dois dias, mas em todos os 365 dias do ano”, declarou.
Ele ainda ressaltou que, a partir do próximo ano, a capital baiana tem que estar preparada para investir em inovação. “Deverá ser anunciado, nos próximos dias, um conjunto de medidas em Tecnologia e Inovação na cidade. Isso porque Salvador precisará se vender para o Brasil e para o mundo de forma segura e adaptada dentro desse contexto da pandemia. E a Prefeitura já vem procurando pensar fora da caixa, a exemplo do Festival Virada Salvador, que este ano tem um formato voltado a aproximar as pessoas à distância. Além disso, o Polo de Economia Criativa já em obras e será entregue no próximo semestre. Que ele sirva para estimular tantos talentos da cidade e, com apoio do poder público, possa  desenvolver sua criatividade, completou.
A presidente da ABMP ressaltou que a realização do Scream deste ano foi bastante desafiador devido à Covid-19. “Tem um espírito diferente, virtual. No início, a pergunta era: como realizar essa ideia? E essa distância entre ideia e realização é a diferença para toda a vida. A gente tem que acreditar nas nossas ideias e sonhos, o que a gente acha que pode fazer e realizar. Este é um ano de grande desafio e o Scream é um palco de criatividade para que a gente possa ouvir, se inspirar e transformar a cidade. Vamos fazer de Salvador a capital mundial do pós-pandemia”, avaliou Ana Coelho.
O presidente da Saltur destacou que o evento foi criado como um novo produto para a cidade em transformação e que era necessário ter continuidade em 2020, mesmo com as restrições impostas pela pandemia. “Vivemos um processo de revolução na cidade e o Scream dá contribuição para isso. Conhecimento é capacidade de agir. Essa adaptação feita devido à pandemia só fez fortalecer o Scream”, disse Isaac Edington.
Programação – O Scream – Salvador Creativity and Media Festival é um dos maiores eventos da indústria criativa realizados no Nordeste. Realizado na capital baiana pela terceira vez, nesta edição será totalmente on-line, abordando o tema “Chega de Normal”. O evento é realizado pela Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP), em parceria com a Empresa Salvador Turismo (Saltur).
As inscrições são ilimitadas, abertas para todo o Brasil e podem ser efetuadas até este sábado (5). Para participar, os interessados devem acessar o site www. screamfestival. com. br. Nesta edição, o público vai poder contar com 48 horas de evento, três salas com palestras e mais de 100 palestrantes.
Foto: Max Haack/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *