Deputado federal baiano pede ajuda ao presidente Jair Bolsonaro para auxiliar trabalhadores da Ford em Camaçari

Após o anúncio do encerramento da produção de veículos da Ford e fechamento da fábrica no Brasil, o deputado federal Alex Santana (PDT) apelou para que os Governos do Estado e Câmara Federal unam forças em prol dos trabalhadores e economia do país. Só no estado da Bahia, 12 mil profissionais diretos e cerca de 60 mil indiretos serão prejudicados com o encerramento das atividades, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari.

O parlamentar federal baiano pediu ainda a intervenção do presidente Jair Bolsonaro e reafirmou seu compromisso para garantir que o assunto não passe despercebido em Brasília. “É uma tragédia para as famílias que ainda seguem sofrendo com os impactos da pandemia e agora milhares vão ficar sem garantir o sustendo de suas casas. No país, a Ford teve diversos subsídios, especialmente, sobre impostos fiscais, dinheiro da população, e agora querem dar as costas por uma ação perversa de capitalismo, não podemos assistir calados”, cravou Alex Santana.

Após manifestação em suas redes sociais, o Governo da Bahia informou ao deputado Alex Santana que um grupo de trabalho foi criado com a participação da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e trabalhadores da Ford com o objetivo de atrair nova montadora e que contatos com Embaixadas de outros países já foram iniciados.

A empresa irá fechar as portas neste ano de 2021 interrompendo a produção de veículos no Brasil, de acordo com comunicado feito nesta última segunda-feira (11). Permanecerão funcionando apenas o Centro de Desenvolvimento de Produto, em Camaçari, o Campo de Provas e sua sede regional, ambos em São Paulo. Com o fechamento das fábricas, os veículos da montadora vendidos no mercado brasileiro passarão a ser produzidos na Argentina e Uruguai, além de importações de outras regiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *