Adolfo Menezes chora morte de Marília Mendonça e de seu produtor baiano Henrique Bomfim Ribeiro

Presidente disse que tragédia “abala ainda mais o Brasil em um período de tantas perdas”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA deputado Adolfo Menezes lamentou, hoje (5.11), as mortes da cantora Marília Mendonça e de seu produtor musical, o baiano Henrique Bomfim Ribeiro, em acidente aéreo ocorrido em Minas Gerais. Além deles, faleceram no acidente o tio da cantora Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o co-piloto.

“A morte de Marília Mendonça, do baiano Henrique Ribeiro e dos demais ocupantes da aeronave é uma tragédia que abala ainda mais o Brasil em um período de tantas perdas com a Covid-19. É uma dor imensa para a juventude brasileira, mas é, sobretudo, uma perda irreparável para os pais e familiares destes jovens, no começo de suas vidas e no auge do sucesso”, declarou o chefe do Legislativo estadual.

Adolfo estendeu suas condolências aos pais de Henrique Ribeiro, Marisa e George, à irmã Clara e a todos os familiares e amigos do produtor musical baiano, que iria fazer 33 anos no próximo 9 de dezembro. Ele deixa um filho de 8 anos, Bernardo.

Na foto, Henrique com a irmã Clara e os pais Marisa e George

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.