Alba suspende atividades presenciais como medida de enfrentamento á disseminação do COVID-19

Depois de consultar os integrantes da Mesa Diretora e as lideranças partidárias, o presidente Adolfo Menezes decidiu fechar a Assembleia Legislativa a partir da próxima sexta-feira, até o dia sete de junho, como forma de contenção da disseminação da Covid-19. O incremento do número de infectados na Bahia teve reflexos no Legislativo, com a confirmação de casos positivos entre o funcionalismo, impondo a decisão de retorno ao trabalho remoto ainda na semana em curso.
Para o deputado Adolfo Menezes, ele próprio acometido da doença em sua forma branda, a prioridade de qualquer gestor, de qualquer homem público e salvar vidas: – Os servidores da Assembleia já estão familiarizados com o trabalho remoto e o retorno a esse sistema em nada impactará no funcionamento administrativo e legislativo da Casa, como ocorreu em ocasiões anteriores em que essa decisão drástica precisou ser adotada nessa crise inédita, completou.
Portanto a partir de sexta-feira a ALBA estará totalmente fechada para o público externo, os gabinetes parlamentares não funcionarão e sistemas de iluminação ar-condicionado e de informática não estarão disponíveis. Apenas funcionários cuja a presença seja imprescindível para a realização dos serviços serão admitidos. O superintendente Francisco Raposo acrescentou que a decisão de fechar foi aprovada pela infectologista que dá consultoria ao Legislativo, fonte do alerta sobre o aumento do número de casos internos confirmados.
O superintendente Francisco Raposo disse ainda que o lockdown impedirá a circulação do vírus entre os funcionários, visitantes, assessores e entre os próprios parlamentares, como ocorreu anteriormente. “Este freio, associado a ampliação dos grupos vacinados reduzirá a possibilidade de transmissão da Covid-19 e retornaremos, com restrições ao trabalho presencial a partir do dia sete com mais tranquilidade”.
LÍDERES
Os deputados Rosemberg Pinto (PT) e Sandro Régis, respectivamente, líderes do governo e da oposição na Assembleia, consultaram os deputados de suas bancadas e foi unânime o apoio à decisão do presidente Adolfo Menezes de fechar por esses 11 dias. Lembraram que mesmo quando foi preciso um lockdown mais extenso, a ALBA permaneceu cumprindo a sua função legislativa, quando foi pioneira no Brasil a iniciar as votações remotas. Agora todos estão familiarizados com essa tecnologia e as proposições em tramitação não sofrerão qualquer atraso em suas tramitações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *