Alex Santana cobra explicações de secretário da Cultura por ironizar eleitores evangélicos

O deputado federal, Alex Santana (PDT) cobra uma posição do secretário de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciuncula após supostas declarações ironizando os eleitores evangélicos. Conforme apurado por um site nacional, o gestor disse em uma reunião que se tratam de pessoas “hereges” mas “massa útil”.
O parlamentar pede respeito a uma história de 200 anos que consolidou os evangélicos no país. “Espero que esse senhor venha a se retratar publicamente sobre o que foi veiculado e procure se informar melhor antes de falar. É preciso saber que ao assumir um cargo público a cautela deve imperar antes de se posicionar sobre os assuntos, até porque ele faz parte de um governo cujo o presidente compactua com os princípios do evangelismo para guiar a nação”.
Em quase 40 anos, o número de parlamentares declaradamente evangélicos passou de 12 para 90, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). A mudança se explica parcialmente pelo aumento vultoso da população evangélica no Brasil, que, no mesmo período, passou de 7,8 milhões para 26,2 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *