Antonio Henrique sugere compra de ultrafreezers para armazenar vacinas

O deputado Antonio Henrique Jr. (PP) apresentou, na Assembleia Legislativa, uma indicação endereçada ao governador Rui Costa, sugerindo a aquisição e distribuição, para todos os 417 municípios do Estado, de ultrafreezers para armazenamento das vacinas que serão aplicadas no combate à pandemia da Covid-19. Ao justificar a proposta, o parlamentar diz que a iminente chegada das vacinas “torna imperiosa a ação imediata do governo na elaboração de um planejamento estratégico, visando o fornecimento, armazenamento e distribuição”.
O legislador considera que é necessário um eficiente processo de logística para que a imunização na Bahia seja coroada de sucesso. Mas ele observa que, devido às peculiaridades de grandes distâncias e variações climáticas registradas no Estado, torna-se imprescindível que o chefe do Executivo determine a aquisição de ultrafreezers para conservação em baixas temperaturas de imunizantes, a exemplo das vacinas da Pfizer e BioNtech, que precisam de temperatura de -70ºC, e da Moderna, que demanda -20ºC.
No documento, o deputado explica que o Governo do Estado, além de firmar parcerias com laboratórios para teste de vacinas, já iniciou a compra de insumos e equipamentos, procurando garantir um plano eficaz no processo de imunização. De acordo com o parlamentar, um exemplo dessa preocupação com a saúde da população foi a compra, pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), de 19,8 milhões de seringas e agulhas e também a aquisição de 100 (cem) ultrafreezers.
“Esta quantidade não será suficiente para atender a contento todos os municípios baianos nos seus 27 Territórios de Identidade”, declara Antonio Henrique, ressaltando ainda que as prefeituras não possuem condições de adquirir esses equipamentos laboratoriais. Convencido da importância e necessidade da aquisição e distribuição de ultrafreezers para todos os 417 municípios, o parlamentar finaliza a indicação solicitando ao governador que “envide esforços para a aquisição e distribuição desse importante equipamento, assegurando o pleno sucesso do plano de cobertura vacinal contra o coronavírus na Bahia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *