Doce de leite de Pé de Serra é medalha de bronze no Enel

Atendida pelo Sebrae em Jacobina, produtora de queijos e doces artesanais fala da felicidade da premiação e quer buscar o ouro

Por Tamara Leal

Oportunidade de acesso a novos mercados, troca de informações e aumento da rede de relacionamentos empresariais são alguns dos ganhos de quem participa das missões técnicas e empresariais realizadas pelo Sebrae. Além de conhecimento e network, Izabel Cristiane Carneiro, da Fazenda Lagoa do Garrote, em Pé de Serra, município da região sisaleira, ganhou a medalha de bronze na categoria ‘Doce de Leite’ concurso realizado durante o Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel), que aconteceu de 14 a 16 de julho, em Vitória da Conquista.

Empreendedora rural, mais conhecida como Cris do Doce, produz queijos dos tipos coalho e muçarela, mas foi o doce artesanal ambrosia que ganhou destaque no encontro.

“Participei de palestras, cozinha show, aprendi a fazer outro tipo de queijo e, no final, fui premiada com a medalha de bronze com a ambrosia, o que me deixou muito feliz. Tendo oportunidade, participarei de outras missões para alcançar o ouro. Agradeço ao Sebrae e ao Senar por essa oportunidade”, diz Izabel.

Para o gestor do Sebrae em Jacobina, Valdemir Cavalcante de Matos, responsável pelo programa AgroNordeste, “o resultado do Enel foi bastante exitoso e torna a produção de queijos e doces artesanais da região mais conhecida, fazendo com que o produtor se sinta mais motivado, inclusive para participar de outros eventos”.

Capacitações

Por meio do Sebrae e Senar, Izabel já participou de curso de queijos artesanais, ocasião que aprendeu a fabricar queijos meia cura, petisco na conserva, defumado, ao vinho, e outros derivados do leite, bem como do curso de boas práticas na produção do queijo. Seus produtos foram expostos para degustação em evento preparatório para o Enel, na cidade de Riachão do Jacuípe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.