“É lobo em pele de cordeiro”, afirma o governador Rui Costa (PT) sobre o partido de ACM Neto

O governador Rui Costa (PT) disse que a fusão do DEM com o PSL para formar a União Brasil é uma espécie de “lobo em pele de cordeiro”. A declaração foi neste domingo (24) durante a plenária do Programa de Governo Participativo (PGP), em Capim Grosso, em referência ao silêncio e conivência de parlamentares ante a inação do Presidente da República durante a Covid-19.

“Eles ficam mudando de nome pra ver se a gente esquece”, frisou o governador Rui Costa durante o evento que reuniu 27 prefeitos e mais de 4 mil pessoas. Também estavam presentes os pré-candidatos Jerônimo Rodrigues (PT), que disputa o cargo de governador da Bahia, Geraldo Reis (MDB) como vice-governador, e Otto Alencar (PSD), que busca a reeleição ao Senado Federal.

O senador Otto Alencar lembrou da dificuldade em conseguir 28 assinaturas para abertura da CPI em virtude do atraso das vacinas contra a Covid-19. “Não achamos um senador dos partidos que estamos enfrentando. Nenhum deles teve coragem porque todos estavam subordinados ao Presidente da República por vantagens pessoais, sem defender os interesses coletivos do povo da Bahia e do Brasil”, destacou o senador e candidato a reeleição.

O público se emocionou quando o senador lembrou da morte do vice-prefeito de Capim Grosso, Frank Neto, em 2021, em virtude da Covid-19. “Quantas pessoas amigas nós perdemos? Estamos enfrentando quem se silenciou e foi silenciado pelo presidente da República. Quem perde a coragem, perde tudo!”, lamentou Otto Alencar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.