EMPREENDER NO BRASIL EXIGE HABILIDADE, CORAGEM E OUSADIA

O empreendedor deve desenvolver um conjunto de novas técnicas, com a finalidade de complementar o seu próprio complexo pré-existente de capacidades técnicas. Estas técnicas são primordialmente, interpessoais e de liderança. O empreendedor tem que ser ousado, prever limite de tempo e da necessidade por um comportamento significativo, orientado em função de altamente especifica, é o que diferencia o administrador bem-sucedido do medíocre.

 O desenvolvimento de técnicas administrativas, pela formulação de objetivos e estratégias, proporciona instrumentos para atingir uma compreensão relativa às limitações de tempo e ao comportamento dirigido à consecução de objetivos, em função das realidades organizacionais. Para um empreendedor ter sucesso precisa possuir técnicas de cunho conceitual e visão de futuro. A ousadia, o profissionalismo e a qualidade são fatores básicos para colocar um negócio e obter sucesso no mercado.

 Todos os grandes empreendedores, bem-sucedidos demonstraram, em alguns momentos das suas trajetórias, coragem, determinação e comprometimento com as causas e os desafios que abraçaram. No entanto, isso não é tudo. O empreendedor que galga sucesso necessita, além de saber gerir o negócio, precisa reunir, uma serie de habilidades pessoais e a elaboração de um planejamento estratégico para definir a missão do empreendimento sem o qual não alcançará boas referência e clientela no mercado. O empreendedor precisa também ter características pessoas para o engrandecimento do negócio, tais como Criatividade – É à base da modernização de qualquer sociedade. Abstinação – Ninguém chega ao pódio se não tiver ousadia e sonhar. Desafio – O empreendedor tem que acreditar e é os desafios, que levam o “Homem” alcançar vitórias. Equilíbrio – Em qualquer atividade humana, existe os pros e os contras. Mas o empreendedor que possui equilíbrio sabe conduzir o processo e ressurge das próprias cinzas. Coragem – O verdadeiro empreendedor é ousado e determinado e consegue derrubar os fluidos negativos. Esse é capaz de abrir mão de sua vida pessoal em detrimento do negócio. Paixão – Todo bom empreendedor tem um DNA, dentro de si, chamado ideias e ideais.

O Brasil carece de um maior número de empreendedores, visto a falta da matéria empreendedorismo e cooperativismo nos currículos da rede de ensino. É bom lembrar que a disciplina qualifica melhor o aluno para os desafios do mundo globalizado, bem como conscientizará os alunos que empreender não é só ganhar dinheiro visando o lucro, mas, sobretudo internalizar a importância da ética e da responsabilidade social. Aconselho aos jovens empreendedores utilizar de três C’S – Caráter, Competência e Compromisso para o sucesso no mercado do mundo globalizado. LEMBRANDO A TODOS QUE PARA EMPREENDER NO BRASIL EXIGE HABILIDADE, CORAGEM E OUSADIA.

Alderico Sena – Especialista em Gestão de Pessoas, Ex- Superintendente da OCEB- Organização das Cooperativas do Estado da Bahia e do SESCOOP – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo da Bahia – www.aldericosena.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *