Felipe Luca deixa SEMOP para disputar reeleição

Como legado ele aponta a reforma e ampliação de seis cemitérios municipais
Entre as mudanças no secretariado de Salvador por conta da legislação eleitoral, Felipe Lucas (DEM) deixou o comando da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) para retornar ao mandado de vereador na Câmara Municipal. Com a saída da pasta para disputar a reeleição, ele fez um balanço da gestão na secretaria e diz ter deixado um legado de valorização no mercado informal, além de obras importantes, como a revitalização dos seis cemitérios municipais de Salvador.
 
“A Semop tem a característica de atuar em áreas bem sensíveis da cidade. Entendemos isso e buscamos a aproximação da secretaria com os ambulantes, feirantes, baianas de acarajé e barraqueiros. Foi assim que identificamos deficiências e atuamos para melhorar o trabalho deles. Conseguimos melhorar o credenciamento do carnaval, construímos novos camelódromos, reformamos mercados, fizemos mutirões de licenciamento para facilitar o ordenamento e entregamos kits aos barraqueiros de praia”, contou Felipe Lucas.
 
Ele acrescentou ainda que considera a revitalização dos cemitérios municipais sua principal conquista à frente da pasta. “Quando cheguei há 1 anos e 2 meses, minha primeira meta foi entregar a reforma e reestruturação desses espaços. O prefeito ACM Neto foi bem sensível a essa demanda e me confiou a missão. Hoje temos os seis cemitérios públicos da cidade totalmente reformados, com espaço dignos para velórios, banheiros, novas áreas administrativas e a ampliação em 1.046 novas gavetas para atender o crescimento populacional de Salvador. Isso representa mais dignidade para o povo pobre que é quem mais utiliza os cemitérios públicos”, avaliou.
 
No retorno à Câmara Felipe Lucas afirma que dará continuidade à parceria com a gestão municipal. “Retorno com a responsabilidade de reforçar a bancada do DEM e, com certeza, vamos somar com a gestão do Prefeito ACM Neto para apoiar as votações e proposições que trazem as melhorias que a cidade precisa”, reforçou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *