Governador Adolfo Menezes entrega sistema de abastecimento d’água e anuncia estrada em São Tomé, distrito de Campo Formoso

Rodovia é fundamental para o escoamento da produção de cebola, tomate, sisal e de calcário para a indústria de cimento

Mais um dia de emoção no curto mandato do governador em exercício Adolfo Menezes. Ele assinou hoje (23.10), em São Tomé, povoado de Campo Formoso – reduto de comunidade quilombola – ordem de serviço para a complementação da pavimentação asfáltica da estrada que liga o distrito à sede do município. São Tomé, a 84 km de Campo Formoso, é terra dos avós do governador e lugar onde ele viveu sua infância. Estavam presentes os secretários da Educação, Jerônimo Rodrigues, e Relações Institucionais, Luís Caetano

“São Tomé é o lugar da minha infância, dos banhos de rio na vereda, que depois eu me sujava de terra pra não apanhar em casa. É um lugar que ficaria perdido no mapa da Bahia não fosse ação do governo Jaques Wagner e, depois do governador Rui Costa, com obras de saneamento, escola, agricultura familiar e essa estrada asfaltada, com 21.5 km, que vai fazer a ligação até Brejão da Caatinga”, disse Menezes, muito emocionado ao lado da mãe, D. Detinha.

A BA-220, cortando os distritos de Tiquara, Brejão da Caatinga e São Tomé, é a principal ligação do município com Umburanas e Ourolândia. É uma via importante para o escoamento da produção agrícola, principalmente de cebola e tomate, do sisal e de calcário para a indústria de cimento.

Em São Tomé, o governador também inaugurou o sistema integrado de abastecimento d’água que beneficia a população de São Tomé, Brejão da Caatinga, Queixo Dantas, Curral Velho, Alagadiço do Brejão, Junco, Bolas e Lagoa do São Francisco, obra executada pela Cerb, vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs).

Ainda no distrito, o governador visitou o Colégio Estadual Quilombola São Tomé, autorizando a licitação para modernização da escola com a construção de refeitório, quadra poliesportiva coberta, módulo administrativo, reforma elétrica, entre outras intervenções.

Fotos: Vaner Casaes/ALBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *