Homem é condenado por feminicídio a mais de 23 anos de prisão em Salvador

Carlos Antônio de Araújo Santos e Vera Lúcia de Jesus Lima foram condenados, durante sessão do Tribunal do Júri realizada na quarta-feira, dia 13, a 23 anos e quatro meses e 16 anos e dois meses de prisão, respectivamente. Carlos Antônio e Vera Lúcia foram condenados pelo homicídio de Cássia Ribeiro da Conceição e por lesões corporais causadas em uma criança de apenas oito anos de idade. Ele teve a pena aumentada pela qualificadora de feminicídio – quando o crime é cometido em razão da vítima ser do sexo feminino. A acusação foi sustentada pelo promotor de Justiça Ariomar Figueredo.

Os crimes ocorreram em fevereiro de 2020 quando os réus atiraram substância contendo ácido nas vítimas. Carlos Antônio, que tinha um relacionamento de cerca de quatro anos com Cássia, teria atraído ela e a filha para uma emboscada e cometido os crimes com o auxílio de Vera Lúcia. Tudo isso, afirmou o promotor de Justiça, com o intuito de não quitar débito contraído com Cássia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.