Homem que matou companheira em São Paulo é preso no interior da Bahia

Ele também estava com um mandado em aberto por um homicídio ocorrido na cidade de Barro Alto

Um homem condenado pela morte da companheira e suspeito de assassinar um desafeto no interior da Bahia teve o mandado de prisão cumprido, na segunda-feira (2), por policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), com o auxílio de equipes da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Chapada) e Setor de Investigação (SI) da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Irecê.

De acordo com o titular da DTE/Irecê, delegado Alex Nunes Rocha, o condenado matou a companheira no estado de São Paulo, para onde fugiu após praticar outro homicídio na cidade de Barro Alto, no norte da Bahia. “Ele teria tirado a vida da mulher depois de uma discussão entre o casal, ocultando o corpo em um cômodo da casa e concretando o local”, destacou.

Julgado e condenado a 13 anos de reclusão, o homem foi beneficiado com uma saída temporária após cumprir parte da pena, não retornando para o sistema prisional. “Fomos informados sobre a fuga do réu para o município de Canarana e passamos a investigar o paradeiro dele, tendo localizado o foragido da Justiça no distrito de Salobro, onde estava morando”, informou Alex Nunes Rocha.

Com o cumprimento dos mandados, expedidos pela comarca de Canarana e Justiça de São Paulo, o homem foi submetido aos exames de lesões corporais e está à disposição do Poder Judiciário.

Foto: Ascom PC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.