Humberto Miranda é reeleito presidente da Faeb

Chapa encabeçada pelo pecuarista e médico veterinário deteve quase 99% dos votos válidos 

Com aproximadamente 99% dos votos válidos, o atual presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, foi reconduzido ao cargo máximo da instituição, nesta quarta-feira (8), por votação que reuniu 80 delegados de sindicatos rurais baianos, na sede da Faeb, no bairro do Comércio, em Salvador.  

A chapa liderada por Miranda e pela produtora rural de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste baiano, Carminha Missio, na condição de vice-presidente, recebeu o apoio de 79 dos 80 votantes. A nova diretoria, reeleita para o exercício 2022/2026, tomará posse no próximo mês de setembro. 

“Primeiro quero agradecer a confiança dos produtores rurais em me reeleger para representá-los a nível estadual, e dizer que o desafio é grande, embora já tenhamos um caminho percorrido. Nesses quatro anos de primeira gestão, apesar de comprometidos pela pandemia, pudemos fazer muita coisa, graças às parcerias com a CNA, Senar e com os sindicatos, que são responsáveis para que as nossas ações cheguem lá na ponta”, disse, em seu primeiro pronunciamento.  

Segundo ele, a meta para o próximo quadriênio, além de dar continuidade à descentralização da gestão, através da ampliação do número de centros de treinamentos em cidades vocacionadas para o agronegócio, é trabalhar para fortalecer a agropecuária baiana, setor que mais cresce e gera emprego. “A pandemia veio mostrar ao mundo a importância deste segmento, para levar alimento à mesa da população, garantindo segurança alimentar e física, pois onde há fome não haver paz. Sem falar na importância econômica demonstrada pela manutenção e criação de novos postos de trabalho em um momento de recessão no mundo inteiro”, completou.  

Além dos presidentes e delegados sindicais, também estavam pressentes o ex-presidente da Casa e atual presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), João Martins; o presidente da Fecomércio, Carlos Andrade; o presidente do Conselho da Associação Comercial da Bahia, Wilson Andrade; o vice-presidente presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Moisés Schmidt; os diretores do Sebrae, José Cabral e Franklin Santos ; e os deputados estadual, Eduardo Salles e Paulo Câmara.  

Também foram eleitos Rui Dias, como vice-presidente de Desenvolvimento Agropecuário; Guilherme Moura, como vice-presidente Administrativo Financeiro; e integrantes do Conselho Fiscal e suplentes. 

Além de representar os produtores rurais de todo a Bahia, a Faeb coordena o Sistema Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Bahia), responsável pela capacitação e formação de mão-de-obra qualificada para o campo. 

Biografia – Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal da Bahia (1988), Humberto Miranda também é produtor rural, seguindo os passos do pai. Atuou como extensionista na Empresa de Planejamento e Assistência Técnica. Também já assumiu a função de coordenador regional da Agência de Defesa da Agropecuária da Bahia (Adab) e de coordenador municipal do Projeto Aprisco do Sebrae. Miranda também foi prefeito e vice-prefeito de Miguel Calmon. 

Na defesa classista, foi presidente do Conselho Municipal das Associações Comunitárias Rurais e da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária, ambos em Miguel Calmon. Em seguida, assumiu a presidência do Sindicato dos Produtores Rurais do município. Com destaque pela sua atuação, foi convocado para ocupar um cargo de diretoria na Faeb. Não demorou para ser convidado para a vice-presidência da Federação. Acumula, ainda a função de membro do Conselho Deliberativo do Sebrae Bahia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.