O presidente estadual do PSDB da Bahia, Sérgio Passos, afirma que a convenção do PT, que oficializou a candidatura de Rui Costa ao governo do estado, foi marcada por uma série de ilegalidades. “Além de ostensiva campanha visual dos seus candidatos nas ruas de Salvador,  desobedecendo ao calendário estabelecido pela Justiça Eleitoral, o PT foi além, instituindo o ‘bolsa convenção”, com pessoas sendo pagas para se passar por simpatizantes da candidatura petista”, denuncia o tucano.  


Prefeitura de Salvador

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




banner adv