Membros da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa se reuniram na última sexta-feira (26), na sede da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia), em Salvador, para debater propostas e novas ações. Os participantes decidiram publicar nota e fazer moção de repúdio à resolução 4.452 do Conselho Monetário Nacional, que eleva taxas de juros dos fundos constitucionais, entre eles o FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste). "Vamos convocar reuniões e planejar ações para levar este assunto a Brasília. Não existe país forte sem iniciativa privada fortalecida e vou trabalhar junto com os colegas da Frente Parlamentar para que o setor minimize os prejuízos nesse momento difícil para a economia", diz o presidente da Frente Parlamentar, o deputado estadual Eduardo Salles. O grupo de trabalho e empresários também farão manifestação para demonstrar insatisfação e solicitar revogação da resolução.


Prefeitura de Salvador
banner adv

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player