Ireuda Silva e secretário municipal de Educação discutem implementação do programa Guardiã Maria da Penha nas Escolas

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, vereadora Ireuda Silva (Republicanos), reuniu-se nesta terça-feira (08) com o secretário de Educação de Saúde de Salvador, Marcelo Oliveira, para tratar da implantação do projeto Guardiã Maria da Penha nas Escolas. O objetivo é promover atividades socioeducativas com alunos, pais e professores para conscientizar sobre a violência doméstica e contra a mulher.

De acordo com a republicana, o programa seria constituído por atividades escolares, culturais e educacionais relacionadas ao combate à violência contra a mulher, para alunos, pais e responsáveis. “A violência contra a mulher é resultado do machismo existente em nossa cultura e que é introjetado desde cedo nas mentes de todos nós. Porém, quanto mais estimularmos o debate e a disseminação de informação, mais estaremos contribuindo para a diminuição desse mal que destrói tantas famílias”, avalia Ireuda.

Ainda segundo a vereadora, disseminar informação e educar as crianças desde cedo sobre o tema é uma das formas mais eficazes de se combater a violência contra a mulher. “Debater o assunto com crianças ainda na fase escolar evitará a produção de novos agressores. Além disso, conscientizará sobre a importância de denunciar e ser um aliado na luta contra o machismo, além de contribuir para a formação de mulheres mais empoderadas”, pontua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *