Lázaro criou perfil falso no Instagram com celular roubado

Segundo as investigações, o celular foi roubado por Lázaro em 15 de junho, quando ele invadiu uma chácara em Edilândia (GO) e manteve três pessoas da mesma família como reféns.

Foragido há 18 dias, o suspeito de assassinar uma família em Ceilândia Norte, balear quatro pessoas — entre elas um policial — e manter pessoas como reféns criou um perfil fake no Instagram. A conta foi identificada pelo serviço de inteligência da polícia, que monitorava o telefone roubado por ele em 15 de junho. A informação foi confirmada por fontes policiais.

Segundo as investigações, o celular foi roubado quando Lázaro invadiu uma chácara em Edilândia (GO) e manteve três pessoas da mesma família como reféns. Policiais penais do DF estiveram na residência dias antes do fato e deixaram os números de telefone com a família por motivos de segurança.

Com informações do Correio Braziliense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *