Marta Rodrigues repudia ataque racista ao deputado Valmir Assunção

“Racismo é crime e a Justiça precisa agir contra essa agressora”, disse a vereadora

A vereadora Marta Rodrigues, líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, repudiou os ataques ao deputado federal Valmir Assunção (PT), vítima de racismo em um áudio divulgado por uma moradora do município baiano de Itamaraju. Segundo ela a Justiça precisa tomar urgentemente as medidas cabíveis contra a autora do crime.

“Valmir tem exercido uma atuação exemplar na Câmara Federal e a proposta de leitos de UTI para o município corrobora com as medidas que todos estão tomando para preservar vidas em meio à pandemia do novo coronavírus. É inadmissível que um parlamentar seja agredido dessa forma. Racismo é crime e precisa haver punição para que diminuamos essa triste estatística que assola nosso país”, declarou.

Discurso de ódio

Para Marta, as agressões racistas demonstram nitidamente “o avanço do discurso de ódio e discriminatório que toma conta dos eleitores e seguidores do presidente Jair Bolsonaro”. Como diz a vereadora, a agressão ao deputado federal aconteceu após ele defender em seu perfil nas redes sociais a proposta do governador Rui Costa de instalar 20 leitos de UTI na cidade de Itamaraju. O parlamentar foi alvo também dos crimes de difamação e ofensa à figura pública, conforme a vereadora.

“O discurso irresponsável do presidente, de que a pandemia é insignificante, contamina seus eleitores, que, por sua vez, passam a atacar aqueles que estão preocupados em conter os riscos e diminuir a propagação da doença. A Justiça precisa fazer valer a lei do crime de racismo para que casos semelhantes não venham a ocorrer”, pontuou Marta Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *