Mês de outubro tem a maior queda de roubos a ônibus no ano

A polícia registrou no mês de outubro a maior redução de roubos a ônibus, na capital baiana, no ano de 2020. Ações das polícias Militar (Operação Gêmeos) e da Civil (Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos) alcançaram a redução de 42,8% desta prática criminosa. No ano, 240 assaltantes foram presos e apreendidos.
Nos dez primeiros meses de 2020 a diminuição ficou em 12,8%. Em números absolutos foram registrados 1.381 roubos este ano, contra 1.584 ocorrências, em 2019. O comandante da Operação Gêmeos, major Carlos Emiliano, afirmou que a queda está diretamente associada ao reforço das ações preventivas e repressivas. “São números que podemos relacionar ao fortalecimento da integração com as unidades operacionais de Salvador e também com a nossa coirmã Polícia Civil”, declarou o oficial.
De janeiro a outubro 129 armas e simulacros foram retirados de circulação, 345 suspeitos foram conduzidos, 201 pessoas presas em flagrante e 39 adolescentes apreendidos.
“O nosso trabalho é diário, mas a reincidência nessa modalidade criminosa causa a sensação de impunidade. Em alguns casos prendemos assaltantes e no bolso eles estão com a decisão de liberdade provisória da audiência de custódia”, declarou o titular do Gerrc, delegado Marcelo Tânus. O policial civil acrescentou que o trabalho integrado com a PM continuará sendo realizado, buscando ampliar a diminuição dos roubos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.