Moradores revelam alívio com geomanta aplicada em encosta em Pau Miúdo

A chuva intensa que cai em dias como esta quarta-feira (22), em Salvador, já não preocupa mais os moradores da Avenida Argos, localizada no bairro de Pau Miúdo e vizinha à Avenida Barros Reis. Isso porque a encosta existente na localidade está protegida através da técnica de geomanta, aplicada pela Prefeitura e entregue em cerimônia realizada pela manhã com as presenças do prefeito ACM Neto, acompanhado do diretor geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Sosthenes Macêdo, demais autoridades, população e imprensa.

O prefeito ACM Neto ressaltou que, desde 2013, a Prefeitura mudou a postura em relação ao enfrentamento dos efeitos da chuva na cidade, ao fazer com o que o trabalho de atenção e prevenção seja realizado o ano inteiro. “Vejam só, hoje estamos aqui entregando uma geomanta em janeiro, em pleno Verão, com o alto calor que faz na cidade e essa previsão de chuva que tem provocado estragos em outros locais do país. Aqui em Pau Miúdo recentemente teve episódio de escorregamento de terra, as pessoas moravam em situação de aflição. Hoje, elas passam a dormir tranquilas e a Prefeitura continua com todo esse trabalho de auxílio às encostas e áreas de risco. A ideia é chegar até o fim deste ano com cerca de 300 áreas protegidas por contenção e geomantas em toda a cidade.”

Morador da localidade desde os 10 anos, Luciano Falcão, 51 anos, proprietário da Sorveteria Falcão, relatou o sentimento de agonia antes da intervenção promovida pela administração municipal. “Por muito tempo, qualquer chuva que dava aqui, os pés de bananeira, embaúbas e mangueiras que existiam, tudo caía em nossa área e prejudicava muito. Na última chuva (em dezembro do ano passado) cheguei a tirar três caçambas de entulho. Tinha casa na ponta de um barranco e chegou a descer ao fundo da minha fábrica. Quando a vigilância chegava aqui era só canetada porque era meio mundo de mato e lixo nos fundos e não tinha condições de fazer uma encosta como essa”, contou.

Fotos: Max Haack/Secom

No entanto, a realidade agora é diferente. “Hoje é uma bênção. Deu mais segurança pra gente e em pouco tempo até (com relação à duração da obra). Olha só que maravilha, isso caiu do céu. Só tenho a agradecer a todos”, pontuou. Mesma opinião da vizinha Maria Isabel Lisboa, 40 anos, dona de casa, que vive com o marido e a filha bem junto à encosta. “Foi a melhor coisa que teve, graças a Deus. Agora a gente dorme tranquilo. Gostei bastante, foi um trabalho bem feito”, completou.

Estrutura – Formada por um composto de PVC e geotêxtil com cobertura de argamassa jateada, a geomanta da Avenida Argos possui área de 1.330,08 m² e, para implantação, foram investidos R$184 mil. A medida beneficia cerca de 70 famílias que vivem próximo à encosta da região, sobretudo, nos períodos chuvosos.

Desde que foi adotada pela Prefeitura, em 2016, a proteção de encosta já foi aplicada em 188 localidades da capital baiana, totalizando investimento de R$ 17,5 milhões. A ação é realizada sob a coordenação da Codesal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *