Oftalmologistas de Itabuna e Vitória da Conquista seguem os mutirões para prevenir e diagnosticar doença que pode levar à cegueira

Itabuna e Vitória da Conquista reforçam a luta contra doença que pode levar à perda total ou parcial da visão. Durante o mês de novembro, ações de esclarecimento e atendimento servirão de plataforma para a prevenção, o diagnóstico e o tratamento precoces da retinopatia diabética. Essa doença, considerada uma das principais causas de cegueira evitável, será o mote dos mutirões de atendimento, palestras e sensibilizações, num movimento de retomada desta busca ativa de casos nas comunidades em decorrência da queda nos indicadores de covid-19.

Em Itabuna, principal referência nacional dos mutirões do Novembro Azul, as ações tiveram início no dia 04, com a primeira fase de atendimentos a pacientes diabéticos triados pela Secretaria Municipal. Na segunda fase, que será realizada hoje (20), o foco estará nos pacientes com retinopatia diabética grave ou pé diabético com sinais de gravidade, diagnosticados na primeira etapa das ações. A programação da cidade segue no dia 27 com o Programa Especial Diabetes, na TV Cabrália/Record, e dia 29, o Aulão Azul Fitness Digital fecha o circuito de atividades.

Em Vitória da Conquista, o “Dia D”, que acontece hoje, atenderá os casos graves triados nos atendimentos realizados ao longo do mês no Centro Especializado Oftalmológico Queiroz (CEOQ). No município de Feira de Santana, as ações já aconteceram no dia 06 deste mês e foram concentradas no Hospital de Olhos da cidade (CLIHON), com oferta de exames gratuitos como o de fundo do olho e laserterapia.

A articulação desses esforços está sob a responsabilidade de médicos, em parceria com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) que alerta: apesar dos números da pandemia apresentarem queda, todas as atividades serão conduzidas observando as orientações preconizadas pelas autoridades sanitárias. Isso quer dizer que serão evitadas aglomerações e estimulados os usos de máscaras e de álcool gel, entre outras medidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *