Presidente da Alba lamenta a morte da ex-deputada Kelly Magalhães

Adolfo Menezes (PSD) cita Che Guevara ao ressaltar amabilidade e combatividade da ex-colega de parlamento.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA deputado Adolfo Menezes lamentou hoje (23.01) a morte da ex-deputada estadual Kelly Adriana Magalhães (PCdoB), professora e líder sindical, depois de renhida batalha contra o câncer, aos 53 anos.

Kelly foi eleita deputada estadual pelo PCdoB, para o período 2011-2015, depois de brilhante atuação como vereadora em Barreiras, chegando a presidir o parlamento municipal em duas ocasiões, também pelo PCdoB, entre 2005-2008 e 2009-2012, renunciando ao mandato em 2010 para assumir uma cadeira no Palácio Luís Eduardo Magalhães.

“Kelly Magalhães reunia duas grandes características opostas em uma só pessoa: a combatividade e a amabilidade. Era durona, guerreira, mas de uma empatia enorme, de uma amabilidade extrema, levando ao pé da letra o que pregou um de seus grandes ídolos, o Comandante Che Guevara: ‘endurecer, mas sem jamais perder a ternura’. Meu abraço solidário ao seu marido Jorge, aos seus filhos Maria Eduarda e Felipe, aos familiares e aos seus conterrâneos de Barreiras”, declarou o chefe do Legislativo estadual sobre a ex-parlamentar, decretando três dias de luto oficial na Casa.

Como deputada, Kelly foi presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público (2011); e titular das Comissões: Direitos da Mulher (2011, 2013-2014), Especial da Promoção da Igualdade (2011-2014), Especial da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (2011-2014), Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos (2013-2014), Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público (2013-2014), CPI Tráfico de Pessoas (out/2013 – 2014 ). Foi também suplente das Comissões: Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos (fev./out.2011), Educação, Cultura, Ciencia e Tecnologia e Serviço Publico (fev-ago/2013), Especial de Desenvolvimento Urbano (2013-2014); membro da Sub-comissão Especial de Águas e Bacias Hidrográficas Baianas (2011), e membro efetivo do Código de Ética e Decoro Parlamentar (set.2012).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.