Professoras Adriana e Dayse lançam campanha para Reitoria da Uneb em live interativa

Ex-estudantes da graduação e da pós-graduação da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), as professoras Adriana Marmori e Dayse Lago lançaram campanha para as eleições da Reitoria da instituição em live, com participação da comunidade acadêmica e de lideranças populares do estado.

A atividade foi transmitida ao vivo, durante a noite de ontem (19), pelo canal das candidatas no YouTube. Além das manifestações públicas de apoio e confiança, foram também registradas sugestões para a atualização do projeto de gestão, que se apresenta como vivo e colaborativo.

“Cada pessoa tem se colocado com suas experiências e expectativas, de seu lugar, do seu olhar sobre a Uneb. Este diálogo leva de nós o compromisso em projetar essa universidade enquanto verdadeiramente inclusiva, autônoma e democrática, para que possamos, de fato, implementar ações e concretizar esses princípios”, destacou Adriana, candidata a Reitora.

Estiveram em pauta temas como a defesa da autonomia universitária, a valorização da ciência, dos conhecimentos tradicionais e dos trabalhadores da educação, o fortalecimento das políticas afirmativas, da assistência estudantil e da inclusão digital, a educação pluriversal e o combate aos preconceitos e às violências.

As candidatas convidaram a sociedade baiana para o debate sobre propostas frente aos desafios postos à Universidade Pública brasileira, sobretudo, nas atuais crises sanitária, política e econômica. Manifestaram-se contra qualquer tipo de autoritarismo ou ameaça à democracia, e defenderam a Uneb enquanto espaço de resistência popular e fomento do desenvolvimento local e regional.

De acordo com professora Dayse, essa candidatura reúne esforços de vidas dedicadas à educação baiana, além de meses de diálogo e escuta atenta à comunidade: “costumo dizer que o nosso projeto é uma trilha, não um trilho. A cada conversa e sugestão, seguimos ampliando ideias e propostas”.

Graduadas em Pedagogia pela Uneb, em Barreiras e Juazeiro respectivamente, Adriana e Dayse possuem título de doutorado, e são resultado das ações institucionais para a interiorização da educação superior no estado.

“As histórias acadêmicas e profissionais de Adriana e Dayse, assim como o projeto de gestão que está sendo construindo, apontam para o fortalecimento de uma universidade socialmente referenciada, para um projeto de instituição que dialoga e se comunica, cada vez mais, com os movimentos sociais, populares, do campo e da cidade”, salientou a professora da universidade Juci Ferreira.

Por decisão institucional, todo o processo eleitoral será realizado por mediação tecnológica, com suporte de empresa licitada e auditoria externa. O período de campanha segue por mais 42 dias. A votação será realizada no dia 5 de outubro.

Com 38 anos de institucionalização, a Uneb conta com 24 campi e dois avançados, na capital e no interior do estado. A sua comunidade conta com quase 40 mil trabalhadores e estudantes, e ela oferta 152 cursos de graduação presencial e a distância (EaD) e 26 programas de mestrado e doutorado.

Conheça o site da candidatura
Assista à gravação da live

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *