Salvador sedia congresso internacional sobre catarata, principal causa de cegueira evitável no mundo

Silenciosa no início, a catarata é a principal causa de cegueira evitável no mundo. Especialista na área, o Dr. David Lucena, médico e presidente do BRASCRS 2022 – maior congresso de catarata e cirurgia refrativa da América Latina, conta que o Brasil possui 6,5 milhões de cegos ou deficientes visuais, sendo que 49% dessas pessoas têm a catarata como causa. Além disso, 550 mil novos casos são diagnosticados no país anualmente. O oftalmologista ainda explica que a pandemia, sobretudo em sua fase mais aguda, impulsionou esses números.

“Não tenho dúvidas que houve um grande aumento nos casos de catarata. Todos os esforços do nosso sistema de saúde foram direcionados para a Covid-19, o que não poderia ser diferente. Por se tratar de uma cegueira ou baixa visual reversível, e ser considerado um procedimento eletivo, muitas cirurgias de catarata foram adiadas. Além disso, os pacientes tinham medo de enfrentar um tratamento cirúrgico que poderia ser adiável. Se compararmos com o ano de 2019, a queda das cirurgias foi de quase 50% em 2020 e de 20% em 2021. Na Bahia e na maioria dos estados não foi diferente”, detalha o especialista, ressaltando que ainda não existem dados atuais, mas que de uma forma geral, os governantes estão programando uma solução para essa demanda reprimida causada pela pandemia.

A catarata provoca a perda gradativa da visão, deixando-a embaçada com o passar do tempo. Ela é mais predominante na população idosa, porém acomete jovens e crianças. O fumo, a genética, o diabetes, a miopia de alto grau, o elevado consumo de medicamentos com corticoide, a forte exposição ao sol e os traumas oculares, podem potencializar o surgimento da doença. O oftalmologista Dr. Amilton Sampaio, que também preside o BRASCRS 2022, diz que é possível reverter a catarata através da cirurgia, através da remoção do cristalino opaco e sua substituição por uma lente intraocular artificial transparente. Enfatiza ainda que a tecnologia tem sido uma grande aliada, já que cada vez mais oferece recursos inteligentes, eficazes em casos simples e complexos.

BRASCRS 2022

A capital baiana voltou a entrar no roteiro de eventos científicos internacionais com este encontro. De 25 a 28 de maio, oftalmologistas e auxiliares de oftalmologia estarão imersos, de forma 100% presencial, no BRASCRS 2022, que será realizado no novo Centro de Convenções Salvador. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas no site www.brascrs2022.com.br ou diretamente no local do evento.

O congresso, que é promovido pela Associação Brasileira de Catarata e Cirurgia Refrativa (ABCCR – BRASCRS), reúne, simultaneamente, três eventos: o XIX Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa, o XIII Congresso Internacional de Administração em Oftalmologia e o III Curso de Auxiliares em Oftalmologia.

Segundo o oftalmologista e também presidente do BRASCRS 2022, Dr. Newton Andrade Jr, a grade científica está com mais de 400 horas de atividades de grande interesse científico, e conta com mais de 500 palestrantes, sendo 57 internacionais. “Podemos esperar discussões muito ricas de estudos científicos e técnicas cirúrgicas recentes, tanto em catarata quanto em cirurgia refrativa, além de grandes novidades tecnológicas em aparelhagem e lentes intraoculares. Além disso, conclui o especialista, é uma ótima oportunidade de rever colegas, participar de cursos práticos (Wet Labs e Dry Labs), realizar grandes negócios e, é claro, aproveitar os encantos da belíssima cidade de Salvador”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.