Salvador tem 15 estabelecimentos interditados durante final de semana

Durante este final de semana, período entre a sexta-feira (20) e domingo (22), a força-tarefa da Prefeitura, liderada pela Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e com o apoio da Polícia Militar e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realizou 1,3 mil vistorias. Desse total, 15 estabelecimentos foram interditados por descumprirem as normas gerais de funcionamento e os protocolos setoriais, medidas obrigatórias para que possam funcionar em Salvador durante a pandemia de Covid-19.

Entre os estabelecimentos interditados estão dez bares localizados em Pernambués, Jardim Cazajeiras, Boca do Rio, Imbuí, Itacaranha e Boa Viagem; uma pizzaria na Pituba; um comércio de rua com mais de 200 m² em Paripe; uma chácara de eventos em Cassange; um curso técnico em Nazaré; e um depósito de bebidas em Arenoso. Além disso, duas aglomerações foram dispersadas, sendo uma na Rua Guillard Muniz, na Pituba, e a outra no Calabetão.

“Não vamos permitir aglomerações nas ruas e nos estabelecimentos, por isso seguiremos fiscalizando todos os dias. É preciso que as pessoas tenham consciência de que a pandemia ainda não acabou e que haja colaboração de todos para que a retomada das atividades continue de forma segura e preservando vidas”, afirma o secretário da Sedur, Sérgio Guanabara.

No total, a Sedur realizou vistorias também em estabelecimentos comerciais, nos bairros do Rio Vermelho, Mussurunga, São Cristóvão, Itapuã, Nova Brasília de Itapuã, Praia do Flamengo, Stella Maris, Periperi, Alto da Terezinha, Rio Sena, Plataforma, Bonfim e Pirajá.

Balanço – Desde o dia 18 de março, a força-tarefa do município já realizou 304.979 vistorias, fez 7.846 interdições e cassou 99 alvarás. Ao todo foram 312.924 ações fiscais desde o início da pandemia.

Foto: Ascom/Sedur

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *