Salvaguarda da Capoeira percorre a Bahia pra fazer livro, documentário e portal digital

O projeto Salvaguarda da Capoeira da Bahia inicia este mês um ciclo de viagens articulando 15 territórios de identidade do estado, com ações diretamente realizadas em 10 cidades-polo: Salvador, Santo Amaro, Feira de Santana, Ilhéus, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Lençóis, Barreiras e Bom Jesus da Lapa. O projeto se dedicará a fazer um livro, um documentário e um portal digital. O livro e o documentário retratarão um pouco da história, tradição, fundamentos e diversidade dessa arte-luta, que é patrimônio imaterial baiano (2006), brasileiro (2008) e da humanidade (2014). Já o portal terá cinco sites, trazendo informações sobre a capoeira e seus mestres; mapeamento da capoeira da Bahia; repositório de livros e teses sobre o tema; cursos de formação voltados para capoeiristas; roteiros turísticos da capoeira baiana; e uma loja virtual com a produção de mestres artesãos.

Executado pela ACEB – Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia, o projeto foi idealizado e construído pelo Conselho Gestor da Salvaguarda da Capoeira na Bahia. Acontece  através de chamada pública do IPAC – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, com recursos da Lei Aldir Blanc e apoio financeiro do IPAC, SECULT, Governo do Estado, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo. Confira aqui as datas e locais da caravana da Salvaguarda da Capoeira:

JANEIRO

Bom Jesus da Lapa: 25/01

Barreiras: 26 e 27/01

Lençóis: 28 e 29/01

FEVEREIRO

Ilhéus: 08 e 09/02

Porto Seguro: 09 e 10/02

Vitória da Conquista: 11 e 12/02

MARÇO

Paulo Afonso: 01 e 02/03

Feira de Santana: 02 e 03/03

Santo Amaro: 04 e 05/03

Salvador: 05 a 07/03

Mais informações: www.facebook.com/salvaguardacapoeirabahia/ @salvaguarda_na_bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *