SECIS recolhe 146 kg de resíduos poluentes durante a mobilização “Praia Massa é Praia Limpa” na Boa Viagem

A mega ação de limpeza da Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), por meio do projeto “Praia Massa é Praia Limpa”, recolheu 146 quilos de resíduos sólidos poluentes na praia da Boa Viagem, Cidade Baixa da capital baiana, no último sábado (11). Os itens mais dispensados de forma incorreta pelos banhistas foram: tampas de metal (611), tampas de garrafas plásticas (286) e bitucas de cigarro (251).

Para reduzir os números, a SECIS instalou um “Papa Plástico”, ponto de coleta de resíduos plásticos no local e, em breve, outras duas praias de Salvador serão contempladas com o equipamento. O objetivo é combater resíduos sólidos, incluindo os detritos marinhos, bem como incentivar a população sobre a importância da preservação de ambientes marinhos.

A titular da pasta, Marcelle Moraes, destaca que a mobilização provoca o senso coletivo ambiental do cidadão para conservar a natureza e minimizar os impactos da ação humana nas praias e oceanos.  “Essas iniciativas visam contribuir para que os soteropolitanos despertem para a urgência de preservação dos oceanos e das vidas marítimas. Temos o propósito de dar continuidade durante o ano e estamos buscando apoio para que se tornem ações constantes em nossa cidade, que é reconhecida por suas praias incomparáveis”, considera.

“Praia Massa é Praia Limpa”

Comprometido principalmente com o ODS 14 – Vida na água, a primeira edição do “Praia Massa é Praia Limpa” foi realizada em 2021 nas praias do Parque Marinho da Barra, Porto da Barra e Praia do Farol e contou com a presença de estudantes, professores, comerciantes, empresários e entusiastas do assunto. Na ocasião, o evento contou com 172 participantes, sendo coletados 320kg de resíduos.

Papa Plástico

O Papa Plástico, sustentado pelo Planejamento Estratégico da Prefeitura Municipal de Salvador e pelo Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas, propõe criar pontos de coleta de resíduos com formato alusivo a um peixe, em praias da cidade de salvador, visando promover a consciência ambiental marinha na população.

O objetivo é conscientizar e sensibilizar a sociedade para a importância do descarte correto de resíduos plásticos e como eles podem afetar e prejudicar, não somente o sistema ambiental, mas também o sistema econômico, turístico e produtivo, tornado, dessa forma, as praias mais limpas, sustentáveis e atrativas.

Tartarugas marinhas 

Nessa quinta-feira, 16 de junho, é celebrado em todo planeta o Dia Mundial das Tartarugas Marinhas. Esses animais que fazem parte do bioma marinho soteropolitano, são um dos mais prejudicados com o lixo descartado nas praias. 

“Infelizmente, as tartarugas acabam confundindo materiais plásticos e outros lixos descartados como alimentos. Isso acaba mutilando os animais e muitas vezes causando a morte. Ao tornar nossa praia mais limpa, também estamos promovendo a preservação desses importantes animais do nosso bioma”, explicou Marcelle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.