Bahia prepara receptivo especial para turistas durante o Carnaval

A Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) realiza até esta terça-feira (18), no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAB), o treinamento dos profissionais que atuarão no Carnaval pelo projeto Guias e Monitores, receptivo especial oferecido aos visitantes no período festivo em Salvador e também em destinos mais procurados nesta época do ano, como Morro de São Paulo, Praia do Forte, Itacaré, Porto Seguro e Mar Grande (Vera Cruz/Ilha de Itaparica).
Os profissionais são preparados para fornecer informações como programação de Carnaval e sistema de transporte, assim como sobre a natureza exuberante, a diversidade de atrativos, a hotelaria e gastronomia de qualidade que colocam destinos baianos no topo da preferência de brasileiros e estrangeiros.
Presente à abertura oficial do curso de treinamento para os Guias e Monitores, nesta segunda-feira (17), o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, ressaltou a importância de ter pessoas capacitadas para prestar informações corretas aos turistas e afirmou que receber bem o turista “é essencial para que o visitante sinta-se bem acolhido e recomende o destino”.
Nas seis localidades, os Guias e Monitores fazem atendimentos até terça-feira (25). Na capital, os guias podem ser encontrados no aeroporto, porto, terminal náutico, ferry-boat , rodoviária, hotéis e nos circuitos da folia, além de postos montados na Praça Municipal, Campo Grande, Barra e Ondina. Em Porto Seguro, os Guias e Monitores estão no aeroporto e estação rodoviária, bem como na Passarela do Descobrimento, onde ocorre a programação do Carnaval, e no distrito de Arraial D’Ajuda.
Os horários de atendimento são variados, dependendo do fluxo de pessoas durante o dia e a noite nos outros destinos em que vão atuar. Em Itacaré, por exemplo, a atuação dos Guias e Monitores será das 16h às 22h, na estação rodoviária, Rua Pituba, Passarela da Vila e na orla. Na Praia do Forte, eles circulam pela vila das 9h às 22h. Nesta edição do projeto, foram incluídos Morro de São Paulo e Mar Grande em função do fluxo crescente de visitantes na região, ressaltou a coordenadora do projeto, Eloisa Caldeira, que está à frente do treinamento.
Foto: Tatiana Azeviche/Setur

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *