Detran capacita condutores de trios elétricos para atuação no carnaval

Conduzir um trio elétrico é uma missão complexa que requer resistência e atenção. Por isso, todo ano, o Detran Bahia promove um curso de capacitação gratuito para os motoristas que vão trabalhar nos trios durante a folia. Na manhã desta segunda-feira (17), um grupo de cerca de 30 profissionais participou da primeira turma da edição 2020 que conta com a parceria da Polícia Militar. As aulas acontecem na sede do Detran, no bairro de Pernambués, em Salvador. A iniciativa é voltada tanto para quem já tem experiência quanto para os novatos na atividade.

“Nós vamos falar um pouco da história do Carnaval e do trio para que eles já possam avaliar a evolução até hoje, o histórico dos acidentes ocorridos e o porquê que eles estão na sala de aula, o que foi que originou. Abordamos também a vistoria do trio, cuidados com a saúde, cuidados com a direção do veículo, relações interpessoais, combate ao stress e sobre como atuar nas situações de emergência”, explicou o orientador do curso, subtenente Paulo César.

O orientador destaca que os desafios na condução dos equipamentos aumentam sempre que a estrutura dos trios evolui. “Nós temos um trio com 34 metros de comprimento, 6 de altura, com largura de 5 metros e com a capacidade para 100 pessoas, além dos músicos. Podemos considerar que esses condutores são heróis por conseguirem conduzir um veículo da Barra à Ondina, em uma  velocidade trator, em primeira marcha. Tem que ter muita paciência e ser um bom profissional para garantir o nosso Carnaval”, reforçou.

As aulas acontecem das 8h às 11h da manhã e das 14h às 17h até a próxima quinta-feira (20). Os interessados podem chegar com antecedência e fazer a inscrição no local, munidos de RG, CPF, habilitação, uma foto 3×4 e comprovante de residência. Os participantes recebem certificado. “A gente já tem a experiência e vai adquirir mais ainda”, disse o motorista Erisson que se inscreveu para a turma da tarde desta segunda-feira.

Já o motorista Danilo Michel está retornando ao comando dos trios elétricos neste Carnaval após um tempo parado. Ele já participou de outras edições da capacitação e acredita que o cuidado com as pessoas é o maior desafio. “O folião talvez não tenha noção do perigo que se encontra ao lado de um trio ou na frente”, declarou o profissional que considera que o curso faz toda diferença.

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *