Trinta e seis estabelecimentos são interditados por descumprir medidas

Com o decreto estadual do toque de recolher, a fiscalização foi reforçada no fim de semana pela Prefeitura. A força-tarefa comandada por agentes da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sedur), em parceria com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar, promoveu a interdição de 36 estabelecimentos, na maioria bares situados em 14 bairros de Salvador. No total, foram 84 localidades visitadas pelos fiscais, totalizando 1.915 vistorias entre a sexta-feira (26) e o domingo (28).

Além dos bares, outras 18 interdições de estabelecimentos foram promovidas na cidade, a exemplo de duas barbearias, bombonière, uma loja de pet shop, comércio de rua, restaurante e lojas de materiais de construção. Os agentes ainda dispersaram 13 aglomerações em Narandiba, Canabrava, CAB, Boca do Rio, no Uruguai, em Massaranduba, Periperi, Paripe e no Resgate.

Maré de Março – Além de atuar na força tarefa da Sedur, a GCM também destacou 100 agentes para a operação Maré de Março, instruindo populares a não frequentar a faixa de areia da orla de Salvador. Durante a ação, a Guarda orientou aproximadamente 60 pessoas com intervenções pontuais.

Divulgação

Ainda no final de semana, a GCM montou três portais na orla da Barra, localizados no Barra Center, no Farol e no Porto da Barra. Nos três pontos, os agentes atuam na distribuição de máscaras e disciplinando as pessoas a usar o acessório, visando a segurança de todos.

Vigilância Sanitária – Entre sábado (27) e domingo (28), equipes da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa), vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), fiscalizaram 150 estabelecimentos em bairros com maior número de casos da doença e com histórico de aglomeração e desrespeito às medidas. Os alvos da estratégia foram as padarias, mercados, pet shops, clínicas de emergência, dentre outros, localizados nos bairros da Pituba, Caminho de Areia, Ribeira, Brotas, Vila Laura, Boca do Rio e no Subúrbio Ferroviário.

Ao todo, a operação notificou 36 locais, realizou 12 interdições parciais em drogarias e funerária, além de duas apreensões em padarias e lanchonetes. Mesmo com a determinação da proibição da venda de bebidas alcoólicas, os agentes flagraram, pelo menos, duas situações em que houve o desrespeito da medida na capital durante o fim de semana. Os cidadãos podem denunciar qualquer irregularidade através do Fala Salvador, no número 156 ou pelo site www. falasalvador. ba. gov. br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *