Prefeitos decidem criar consórcio para acompanhar e fiscalizar o andamento das obras da Fiol e BR-030

Encaminhamento foi tirado de encontro realizado em Jequié, com a presença do vice-governador João Leão

Um encontro de prefeitos, realizado em Jequié, no Sudoeste baiano, nesta sexta-feira (23), com a presença do vice-governador João Leão, debateu o andamento das obras da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) e da BR-030. Juntos, os dois empreendimentos vão viabilizar o escoamento da produção de grãos e minérios de ferro na Bahia, possibilitando um acréscimo de até 25% à receita do estado. Durante o evento, promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), os prefeitos decidiram criar dois consórcios para acompanhar e fiscalizar o andamento das obras nos municípios do traçado da ferrovia e da rodovia. Outro encaminhamento foi a elaboração de uma carta a ser entregue ao Ministério da Infraestrutura, demonstrando a importância econômica do projeto.

O presidente da UPB, Zé Cocá, prefeito anfitrião do evento que reuniu gestores de 33 cidades, destacou a necessidade de um planejamento conjunto das ações dos municípios na defesa da Fiol e BR-030. Ele ressaltou que a criação do consórcio favorece a organização dos prefeitos e a articulação para o andamento da obra, que permitirá a interiorização do desenvolvimento no estado. “Precisamos de um marco, um consórcio para que a gente leve a Fiol à frente. Precisamos avançar mais e nos unir. Não estamos falando de uma simples passagem de trem, mas de uma obra que pode mudar a Bahia”, afirmou ao exaltar que a presença do vice-governador no encontro fortalece a pauta dos municípios.  

João Leão comandou uma apresentação de dados levantados pela Seplan para mostrar como a industrialização dos municípios da Bahia pode melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado. “A região metropolitana concentra 76% da atividade econômica na Bahia. Se juntarmos com o Litoral Norte, temos 87% da receita do estado concentrada em um território que representa apenas 4,3% da nossa população. Está errado isso, é inconcebível. Precisamos aumentar a receita de todos os territórios. Eu vim aqui cuidar daquilo que a gente pode consubstancialmente fazer para aumentar a receita e o desenvolvimento dos municípios. Para isso, temos essas duas obras fundamentais”, pontuou.

Ao final do evento foi criada uma comissão de prefeitos, que se reúne na próxima terça-feira (27), em Salvador, para configurar a formação dos consórcios. O encontro contou ainda com a presença dos deputados federais Cacá Leão, Leur Lomanto Júnior, Jorge Solla e os deputados estaduais Antônio Henrique Júnior, Eduardo Salles, Fabíola Mansur, Euclides Fernandes, Zé Raimundo, Josafá Marinho e o secretário estadual de Trabalho, Emprego e Renda, Davidson Magalhães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *