Salvador recebe curso inédito de redes sociais com foco em saúde

Os publicitários Paula Dultra, George Araújo e Itana Gomes contam que  programação vai abordar os conteúdos para esse seguimento específico, de forma completa e abrangente,além de oferecer uma consultoria especial para os alunos do curso

Sensibilidade, criatividade e regras de conduta devem ser levadas em conta por alguém que administra uma rede social de um profissional de saúde ou de uma instituição.

Percebendo isso, com base em anos de experiência prática, os publicitários baianos Paula Dultra, George Araújo e Itana Gomes perceberam a necessidade de passar essa mensagem. Por isso, criaram o curso de extensão “Redes Sociais para a área da saúde”, que acontecerá a partir de março, sempre aos sábados (dias 14,21 e 28 de março e 4 de abril), na Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

“Quando um fornecedor comentou comigo que a pessoa procura por um médico nas redes sociais da mesma forma que busca por um smartphone, vi que havia algo muito errado”, comentou Paula Dultra. Além de fazer a gestão de mídias sociais de diversos clientes de saúde, a publicitária ainda conta com a experiência prática de ter tido câncer por duas vezes. “Falo sobre saúde nas redes sociais há quase 10 anos. Isso me deu prática para saber o que falar e como falar, além de minha experiência profissional como social media”.

Já George Araújo, Analista de Mídias Sociais da própria Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, acha essencial que o profissional se atualize e saiba o que pode e não pode fazer nas mídias sociais. “É fundamental que o profissional saiba as regras de publicidade do seu conselho. Em minhas pesquisas, vejo casos absurdos de perfis de saúde infringindo as regras de conduta”. A sua especialização em Marketing e Branding, aliado às suas experiências e necessidades do mercado, o levaram a ter a ideia de montar o curso. “Saber utilizar estratégias de marketing e branding para se vender e vender o seu negócio é essencial para qualquer área”, pontua ele.

“Muitos amigos da área de saúde me procuravam com dúvidas específicas sobre as mídias sociais. Hoje em dia, com tantos perfis profissionais de diversas especialidades, todo mundo quer essa forma de divulgação, mas não sabem como começar”, explicou Itana Gomes, parceira de George nas mídias sociais da Bahiana. Ela ainda pontua que a sua especialização em Mídias Sociais a preparou para trabalhar diversos nichos, mas que a área de saúde tem nuances muito importantes. “Acredito que nossa experiência de mercado pode contribuir para os profissionais que se importam com a qualidade da mensagem transmitida e seu impacto social. Além de ser essencial que o profissional se prepare para um gerenciamento de crise, por exemplo”, explica ela.

Os três especialistas ainda lembram que o curso foi pensado não só para profissionais e estudantes da área de saúde, mas para quem trabalha na comunicação digital desses clientes. A programação abordará como aplicar os conteúdos para esse seguimento específico, de forma completa e abrangente,além de contar ainda com uma consultoria especial para os alunos do curso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.