Adolfo Menezes critica demora em votação do projeto de pensão para viúvas de militares

Presidente da ALBA apela para que bancadas de Governo e de Oposição “se entendam”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia — ALBA, deputado Adolfo Menezes defendeu hoje (2.08) que a Casa vote o mais rapidamente possível o Projeto de Lei 24.532/2022, que estabelece novas regras para a concessão dos benefícios de pensão de militares baianos.

“Tudo que está ao meu alcance, que é pautar a matéria pra votação, já estou fazendo. Agora, precisamos que as lideranças de Governo e de Oposição cheguem a um acordo, para que as viúvas dos militares falecidos em 2022 possam receber as suas devidas pensões. As contas chegam e não esperam a boa vontade dos deputados”, criticou o chefe do Legislativo estadual.

Menezes diz que o Governo do Estado está com o dinheiro para pagar o benefício, mas que é preciso somente aprovar a lei estadual. “O Executivo estadual está apenas se ajustando ao que já determinou o Governo Federal em lei aprovada no Congresso Nacional. A votação do PL já foi adiada três vezes, desde abril, através de manobras da bancada de Oposição, mas as viúvas não podem ser prejudicadas por causa do embate eleitoral que já vivemos”, diz o presidente da ALBA.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.