Bruno Reis vai implantar Escola Digital e Centro de Inteligência Municipal para impulsionar inovação e gerar emprego

Em reunião virtual com representantes do setor de startups e tecnologia, candidato apresentou propostas e recebeu sugestões para sua plataforma de governo

O candidato do Democratas a prefeito de Salvador, Bruno Reis, participou nesta quinta-feira (8) de uma reunião virtual com representantes do setor de startups e de tecnologia, aos quais apresentou as propostas que constam em seu plano de governo para impulsionar a inovação, que será um grande vetor de geração de emprego na capital baiana durante sua gestão, caso seja eleito.

Durante o evento, que teve a participação de representantes de diversas entidades, Bruno também destacou os avanços conquistados na área de tecnologia e inovação durante a gestão do prefeito ACM Neto (Democratas) e recebeu sugestões para aprimorar sua plataforma de governo.

Entre as propostas apresentadas, Bruno citou a implantação da Escola Digital, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), o Centro de Inteligência Municipal e o Centro de Inovação no Subúrbio, além de medidas como acabar com o uso do papel e transformar o governo em 100% eletrônico, assim como a criação de uma central de mídias na Secretaria da Educação, de forma a inserir os estudantes na linguagem da tecnologia.

“A gente fala aqui que a primeira gestão de ACM Neto foi 3G, a segunda 4G e a minha será 5G. Esse é um compromisso nosso, e eu tenho a convicção de que pode ser o maior potencial para elevar a qualidade da nossa gestão em todas as áreas”, disse o candidato.

“Com a Escola Digital, vamos ter cursos na área de tecnologia e processamento, qualificando a nossa mão de obra para que possam ter oportunidades nos empregos que vocês geram. Com a Central de Inteligência, vamos poder dar consultorias para pessoas que querem empreender, além de formar a nossa equipe para essa concepção de gestão do futuro. Já o Centro de Inovação do Subúrbio vai permitir que essa área seja potencializada nos bairros periféricos”, complementou.

Bruno destacou que a gestão de ACM Neto já implementou o Hub Salvador, no Comércio, e o Espaço Colabore, no Parque da Cidade, além de outras iniciativas, a exemplo dos editais de inovação e da expansão da fibra ótica, ações que serão potencializadas em seu governo. O candidato também citou a articulação feita por ele, enquanto vice-prefeito, para a aprovação, pela Câmara de Salvador, da lei que instituiu a Política Municipal de Inovação, que era uma reivindicação forte do setor.

“Fizemos essa articulação na Câmara e aprovamos essa lei de inovação, que trouxe incentivos e estímulos fiscais, tanto para manter as empresas que estão aqui quanto para atrair novas empresas e startups. A mesma lei estabelece um fundo e cria um conselho municipal de inovação”, frisou.

Participaram do encontro o presidente da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), Rodrigo Paolilo; o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia na Bahia (Assespro-BA), Isamar Villas Boas; a presidente da Associação de Jovens Empreendedores da Bahia (AJE-BA), Maria Brasil; Flavio Marinho, Gerente Executivo de Tecnologia e Inovação do SENAI CIMATEC; e Moacy Veiga, CEO do Hub Salvador.

Além deles, também estavam no encontro a presidente da Associação Baiana de Startups (ABAS), Vanessa Vilela; o gerente executivo no Hub de Inovação Banco do Nordeste, Gabriel Salgado; o diretor de inovação da Secis, Ivan Euler; e o candidato a vereador André Fraga (PV), ex-secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência.

Todos eles fizeram considerações ou sugestões, que foram prontamente acatadas por Bruno, que ressaltou estar aberto a contribuições e que pretende trabalhar em parceria com o setor para que a inovação seja um vetor de desenvolvimento e de geração de emprego na capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *