Para população não perder Amarelinhos, Carolino defende apoio ao segmento

Reconhecidos como importante alternativa para viabilizar a integração com as linhas convencionais ou com o Metrô, os amarelinhos, veículos do transporte complementar de Salvador, poderão contar também com subsídios nesse momento do isolamento social. O vereador Toinho Carolino (Podemos) indicou à Prefeitura, a destinação de recursos para compra de passagens, contribuindo para o segmento do transporte coletivo da capital. “São mais de 250 amarelinhos em operação e os veículos atendem prioritariamente o miolo da cidade e o subúrbio ferroviário. Caso haja uma descontinuidade, a população que mora mais distante será a mais sacrificada, além disso, é uma forma de evitar demissões no setor”, defendeu Carolino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *