Passaporte da Vacina: Leandro de Jesus critica projeto de deputado do PCdoB

O advogado e presidente do Instituto Bahia Conservadora, Leandro de Jesus utilizou das redes sociais nesta sexta-feira (01) para repudiar o que está sendo chamado de “Passaporte da Vacina” na Bahia e no Brasil.
Ciente do projeto de lei nº 24.286/2021, de autoria do deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB), que quer instituir a obrigatoriedade de vacinação com a Covid-19 a todos os servidores e agentes públicos estaduais, bem como do projeto de, assinado pelo mesmo parlamentar, que dispõe sobre a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 nos locais que prestam serviços à coletividade e para a obtenção de serviços na Bahia, Leandro criticou a proposta e afirmou que vai lutar para que a mesma não vingue.
“Cabresto sanitário, é isso o que esses projetos representam. O PCdoB quer impor o passaporte sanitário para todos os cidadãos baianos, sob pena de não poderem frequentar locais de acesso coletivo e não terem acesso a serviços públicos. Querem ferir a nossa liberdade, a nossa democracia, os direitos que estão previstos e garantidos na Constituição Federal, mas não vão conseguir. Tomarei as medidas jurídicas cabíveis caso esse absurdo seja aprovado”, disse o advogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *