Presidente da ALBA manifesta pesar pelo falecimento do ex-vice governador Luiz Viana Neto

PARA ADOLFO MENEZES, A BAHIA PERDE UM “DEMOCRATA EM TEMPOS DE ATAQUES À DEMOCRACIA”

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Adolfo Menezes, lamentou o falecimento do vice-governador baiano, professor de Direito, empresário, ex-senador e ex-deputado federal Luiz Viana Neto, aos 88 anos, nesta sexta-feira (13.05), em Salvador.

“Meu grande pesar pelo passamento do ex-senador e deputado federal Luiz Viana Neto, Doutor em Direito pela Universidade de Paris, apesar de filho do ex-governador baiano Luiz Viana Filho, que teve papel ativo no golpe militar de 1964, era um liberal, um democrata, que rompe com as forças conservadoras para apoiar a candidatura de Waldir Pires ao governo do Estado, em 1986. Pessoas como ele foram fundamentais para a instauração e consolidação da nossa democracia, agora ameaçada por alguns insanos”, exalta o chefe do Legislativo estadual.

Luiz Viana Neto, nascido em 7 de novembro de 1933, foi vice-governador entre 1979 a 1983 e senador de 1990 a 1991. Foi deputado federal por quatro mandatos, entre 1967 e 1995. Renunciou ao mandato de deputado federal na legislatura 1987-1991 para assumir e ser efetivado no mandato de Senador, na vaga de seu pai Luiz Viana Filho, em 11 de junho de 1990.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.