Professora de Educação Física dá dicas sobre as melhores atividades para mulheres de acordo com cada faixa etária

Aproveitando o embalo do mês que homenageia as mulheres, vamos falar sobre a importância da atividade física para elas e quais são as melhores escolhas de acordo com cada faixa etária. Atualmente, muito se fala sobre a importância de praticar atividades físicas como uma maneira de prevenir uma série de doenças, manter o corpo em forma e ter uma melhor qualidade de vida. Aquela desculpa de “eu não gosto de academia” já não é mais válida para ninguém, pois existem inúmeras possibilidades para quem deseja se exercitar: atividades ao ar livre, na água, aulas de dança, lutas e muito mais. Por isso, a orientação para qualquer pessoa é encontrar a atividade que mais lhe agrada e fugir do sedentarismo! “A melhor atividade é aquela que a pessoa mais gosta, porque é a atividade que vai motivá-la a manter-se constante na prática” ressalta Renata Rabelo, professora de educação física na Rede Alpha Fitness.

Se existe dúvida sobre qual atividade física é mais adequada para você e para o momento em que está vivendo, algumas dicas podem ajudar! Se você é uma mulher, entre os 20 e 29 anos, essa é uma faixa etária onde existe uma  preocupação maior com um corpo “em forma”. “Nessa idade, a mulher moderna trabalha e precisa de disposição para as atividades diárias. Então é comum procurar atividades físicas de maior intensidade e em locais onde ela se sinta bem”, acrescenta Renata. Algumas sugestões para essas mulheres são musculação, corrida, pedalada, natação, pilates, yoga, lutas, tênis, circuito e ginástica. “Toda atividade física traz benefícios mas, acima de tudo, tem que ser prazerosa, caso contrário não gera assiduidade”, acrescenta a especialista. Quando a mulher chega na fase dos 30 aos 39 anos, as indicações são basicamente as mesmas, já que a mulher de hoje tem filhos mais velha e menopausa também mais tardia. Já dos 40 aos 49 anos, o organismo começa a passar por uma desaceleração metabólica e a atividade física ajuda a manter a disposição do dia a dia, o bom funcionamento do organismo, a autoestima e a qualidade dos movimentos. Algumas sugestões de atividades para esta fase são caminhada, musculação, pilates e hidroginástica. Acima dos 50 anos, o organismo da mulher começa a se tornar mais frágil, mas a atividade física regular ajuda principalmente a evitar a desaceleração metabólica, a perda de massa muscular, auxilia na qualidade dos movimentos e, com isso, ajuda a evitar lesões. Neste sentido, as atividades mais indicadas para esta faixa etária são natação, hidroginástica, musculação e dança de salão.

Com certeza não faltarão bons motivos para se exercitar constantemente! “Basicamente, podemos chamar de atividade física regular aquela realizada pelo menos 3 vezes por semana e pelo menos 30 minutos ao dia. Vale sempre lembrar que a atividade física regular tem como benefícios o controle do peso corporal, a melhora cognitiva, a saúde física e a prevenção de problemas de saúde em geral”, diz Renata. Independentemente da idade da mulher e do tipo de atividade escolhida, é muito importante que ela conte com orientação profissional para se exercitar. “O profissional da área é o único que vai saber avaliar e prescrever os exercícios de acordo com os objetivos e necessidades, saberá regular o volume, a intensidade e a carga de cada exercício”, finaliza a professora da Rede Alpha Fitness.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.