Sudesb e FBDA abrem inscrições para programa Natação em Rede

As inscrições gratuitas começam no dia 7 de julho, a partir das 14h, exclusivamente através do site da FBDA  

Após permanecer suspenso durante dois anos em decorrência da pandemia, o programa Natação em Rede está de volta. Em 2022, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), irá oferecer 1.400 vagas para crianças e jovens em aulas gratuitas de natação (prioritariamente para alunos de escolas públicas) e de hidroginástica para idoso (a partir de 60 anos).  

As inscrições gratuitas começam no dia 7 de julho, a partir das 14h, exclusivamente através do site da FBDA: www.fbda.com.br.

As aulas desta nova edição acontecem nas piscinas da Bonocô, CSU do Nordeste de Amaralina, no prédio onde funcionava a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), localizado no Centro Administrativo da Bahia, no Centro Pan-Americano de Judô (praia de Ipitanga – Lauro de Freitas) e na piscina semiolípica de Itinga, também em Lauro de Freitas, obra inaugurada pela Sudesb em 2019.

Do total de 1.400 vagas, 600 estão reservadas para aulas na piscina da Bonocô, 200 para Itinga, 200 para a FLEM, 200 para o CPJ e 200 para o CSU de Amaralina.

Na piscina da Bonocô, a Sudesb mais uma vez oferece aulas gratuitas de polo aquático e também ginástica artística, atendendo pessoas acima de 10 anos e que já saibam nadar. As aulas de natação serão destinadas a crianças e adolescentes de 7 a 17 anos. As turmas de hidroginástica terão reserva de vagas de 80% para maiores de 60 anos e 20% para maiores de 25 anos.

O programa Natação em Rede/2022 é realizado pela Federação Baiana de Desportos Aquático (FBDA), com apoio financeiro da Sudesb, num investimento de R$1,9 milhão previsto para durar 12 meses, que compreende a contratação de recursos humanos, aquisição de material esportivo, fardamento, material de consumo, seguro, material de limpeza, entre outros serviços.

Primeira edição – Em 2017, o Programa Natação em Rede atendeu, no núcleo da piscina da Bonocô, 720 crianças e jovens de escolas públicas e 280 idosos acima de 60 anos com aulas de hidroginástica.

Na primeira edição, também houve o atendimento a 100 jovens em cumprimento de medidas socioeducativas de internação e semiliberdade acolhidos pela Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), órgão da Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.