Aos 121 anos, pessoa mais velha no mundo é ‘descoberta’ na Bahia

Uma baiana pode ser a pessoa mais velha do mundo. A “descoberta” foi feita pela Prefeitura de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, após a idosa Maria Gomes dos Reis, de 121 anos, precisar de um atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A certidão de nascimento consta que a idosa, que viveu toda a sua vida no município baiano, nasceu no em 16 de junho de 1900, no povoado Bela Vista.

A idosa, está acamada há pouco mais de oito anos e não tem mais forças para realizar as atividades do dia a dia. Ela mora com a neta Célia Cristina, já que todos os seus filhos morreram. Em entrevista à TV Oeste, a neta de Maria Gomes, afirmou que anteriormente a vó era uma pessoa bem ativa.

“Dou comidinha na boca, nós temos que fazer tudo, trocar faldas. A minha vida agora está resumida em cuidar dela”, contou Célia na entrevista. “Ela criou os netos e bisnetos. Ela que cuidava de tudo. Era bem ativa até pouco tempo, cozinhava, lavava roupas”, acrescentou.

“A idade avançada a gente sabe que ela tem, mas saber que ela é a mais velha do mundo? A gente fica até abismada”, falou a neta da idosa.

De acordo com o “Guinness Book”, o Livro dos Recordes, a pessoa mais velha do mundo é a freira Lucile Randon, de 118 anos, nascida em 11 de fevereiro de 1904. O título anteriormente era da japonesa Kane Tanaka, de 119 anos, que morreu no dia 19 de abril deste ano.

Com informações do jornal  A Tarde.

Foto: TV Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.