Bahia Produtiva mais uma vez é avaliado como projeto exemplar em desenvolvimento rural

O Bahia Produtiva, projeto do Governo do Estado, mais uma vez foi apontado pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD/Banco Mundial), cofinanciador do projeto, como exemplo para o desenvolvimento rural no Brasil e no mundo. A avaliação foi feita, após duas semanas de trabalhos, pela 13ª Missão de Implementação e Supervisão, que se encerrou nesta segunda-feira (07).

O Bahia Produtiva já contabiliza 42.271 famílias de agricultores familiares atendidos com investimento de R$553,1 milhões em 1.258 ações de inclusão socioprodutiva e acesso ao mercado, desenvolvidas em todas as regiões da Bahia.

Foram apresentadas as estratégias de gestão do conhecimento, o balanço das ações de comunicação e promoção dos empreendimentos e produtos da agricultura familiar, as ações da Plataforma de Segurança Alimentar e Nutricional – SAN, a execução dos editais socioambientais, as ações de salvaguardas sociais e ambientais e a avaliação dos novos indicadores de desempenho do Aplicativo SOL.

Foi realizada também uma visita técnica virtual à Cooperativa Agropecuária Mista Regional de Irecê (Copirecê) e à Cooperativa Mista e Produção, Aquisição e Serviço do Estado da Bahia (Coopersertão), atendidas pelo projeto, e que tiveram ações e avanços no acesso ao mercado de seus produtos.

Para o presidente da CAR, Wilson Dias, a Missão do Banco Mundial sempre traz crescimento ao projeto: “O Bahia Produtiva vai deixar marcas profundas na relação do Governo com o Banco Mundial. O projeto vem acumulando resultados de reversão da situação de pobreza e de vulnerabilidade social e o Banco tem sido um grande parceiro. A cada missão crescemos um pouco, pois aprendemos, e nos dá oportunidade de melhorar nosso projeto. Apesar de já termos feito uma boa caminhada, ainda queremos fazer muito mais”.

O coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, destacou que foi mais um período com recomendações para o aperfeiçoamento da execução do projeto: “Tivemos muito debate. São encontros que geram aprendizado para toda a equipe”.

A gerente de Projetos e especialista Sênior em Desenvolvimento Rural do Banco do Mundial, Fátima Amazonas, falou das expectativas para a conclusão das ações que devem ser encerradas em 2022: “Temos condições de finalizar o projeto com resultado totalmente satisfatório e com sucesso. Estou segura quanto a isso. Está sendo uma execução exemplar para várias outras iniciativas, tanto dentro do banco quanto fora dele. Outros estados querem fazer um projeto igual”.

Durante a Missão, também foram destaque iniciativas lançadas com apoio do projeto Bahia Produtiva durante a pandemia, a exemplo da Plataforma SAN Bahia Produtiva, disponível no site www.car.ba.gov.br, um espaço de formação e informação para contribuir para a inclusão produtiva de agricultores e agricultoras familiares e outras populações tradicionais da Bahia, do Programa Rural Produtivo, transmitido da TVE Bahia, e da 13ª Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária, que acontece até domingo (13).

O Bahia Produtiva é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *